Seguros

Zurich garante “cooperar em absoluto” com Autoridade da Concorrência

Companhia de seguros Zurich - Seguradora
©Rodrigo Cabrita
Companhia de seguros Zurich - Seguradora ©Rodrigo Cabrita

A Autoridade da Concorrência acusou 5 seguradoras e 14 administradores de formarem um "cartel" de repartição de mercado e fixação de preços.

A Zurich Portugal afirmou esta terça-feira que “irá continuar a cooperar em absoluto” com a Autoridade da Concorrência para o “cabal esclarecimento” da situação, no dia em que a reguladora acusou a seguradora de integrar um cartel no mercado português.

A Autoridade da Concorrência (AdC) acusou esta terça-feira cinco seguradoras de “cartel de repartição de mercado e fixação de preços”, entre as quais a Zurich Portugal.

Em comunicado, a seguradora começa por lembrar que “tem como princípio não tecer qualquer comentário a processos que se encontram em fase inicial de instrução”, pelo que pretende “apenas confirmar que, tal como até à presente data, irá continuar cooperar em absoluto com a Autoridade da Concorrência no sentido do cabal esclarecimento desta situação”.

“Gostaríamos igualmente de salientar que a integridade é um valor fundamental do Grupo Zurich e que estes assuntos são tratados de forma séria e responsável pela Zurich Portugal”, pelo que o grupo “exige que todos os seus colaboradores conheçam e cumpram com o Código de Conduta da Zurich, o qual determina, de forma clara e para além do legalmente exigido, quais os comportamentos que os colaboradores da Zurich devem adoptar em matérias de concorrência”.

A Zurich Portugal conclui o comunicado, afirmando que “quaisquer esclarecimentos futuros sobre este processo serão comunicados a seu tempo”.

A nota de ilicitude, em que a Autoridade da Concorrência comunica às empresas as acusações, diz respeito às seguradoras Fidelidade, Multicare- Seguros de Saúde, Lusitânia, Seguradoras Unidas e Zurich Insurance PLC.

Fidelidade e Multicare pertencem ao grupo chinês Fosun, que as comprou ao grupo Caixa Geral de Depósitos (CGD) em 2014, a Lusitânia pertence ao Montepio, as Seguradoras Unidas (que junta a Tranquilidade – que era do BES – e a Açoreana – que era do Banif) são do fundo norte-americano Apollo e a Zurich é a sucursal em Portugal da empresa de seguros suiça.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
As associações representativas dos taxistas marcaram para esta quarta-feira uma manifestação nacional contra a promulgação pelo Presidente da República do diploma que regula as plataformas electrónicas de transporte como a Uber, Cabify, Taxify e Chaffeur Privé. Manifestação de Lisboa.
Táxis junto à rotunda do Marquês de Pombal 
( Nuno Pinto Fernandes/ Global Imagens )

Plataformas de transportes ganham pouco com concentração dos taxistas

Revolução nas transferências de dinheiro já chegou a Portugal

Mário Pereira (administrador) e Inês Drummond Borge (diretora de marketing) da Worten

Fotografia: D.R.

Worten tem um marketplace. Vai começar a vender sofás e colchões

Outros conteúdos GMG
Zurich garante “cooperar em absoluto” com Autoridade da Concorrência