Dinheiro Vivo TV

Costa Silva: A nossa administração pública está obsoleta

A carregar player...

Em grande entrevista ao Dinheiro Vivo, consultor do governo para o relançamento da economia defende uma revolução nos serviços.

“Temos um problema com a nossa administração pública: tem áreas que têm muita qualidade e outras que deixam muito a desejar.” Quem lança o alerta é António Costa Silva, consultor do governo para a recuperação económica e social no pós-pandemia, numa grande entrevista que pode ler neste sábado no Dinheiro Vivo (nas bancas com o DN e o JN).

Preocupado com a forma como será aplicada a bazuca que foi aprovada nesta semana em Bruxelas – da qual cabem a Portugal cerca de 45,1 mil milhões de euros – incluindo 15,3 mil milhões em transferências a fundo perdido, no âmbito do programa para a recuperação, bem como 29,8 mil milhões em subsídios do orçamento da UE a longo prazo 2021-2027 – Costa Silva avisa que é preciso fazer uma revolução na administração pública que permita que estes apoios cheguem de forma ágil à economia.

E defende: “Quando há vários organismos envolvidos neste tipo de processos, deve haver um conselho para emitir a decisão.”

Veja a entrevista na íntegra, amanhã, no Dinheiro Vivo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: EPA/PATRICK SEEGER

Bruxelas dá luz verde a Banco Português de Fomento

Exemplo de ouro numa loja de câmbio em Klaaswaal, Países Baixos. (EPA/ROBIN VAN LONKHUIJSEN)

Ouro atinge recorde e excede os 2 mil dólares

Centenas de turistas visitam todos os dias os jardins do Palácio de Cristal, no Porto. Fotografia: Leonel de Castro/Global Imagens

FMI: Portugal com perdas acima de 2% do PIB devido à quebra no turismo

Costa Silva: A nossa administração pública está obsoleta