Já começou a busca por talentos para processar dados

Até 3 de outubro, os interessados poderão inscrever-se no site próprio do Data Challenge. Em causa estão 75 mil euros em prémios para quem descobrir as melhores soluções neste desafio promovido pelo Santander Universidades

Inventar formas de dar utilização aos enormes volumes de dados gerados pelas empresas no seu dia-a-dia de trabalho e que se acumulam sem qualquer aproveitamento. É este o desafio que o Data Challenge Santander, cujas inscrições estão abertas até 3 de outubro, lança a todos os estudantes, investigadores e recém-licenciados suficientemente criativos e ousados para se aventurarem a aceitá-lo. Para tal, basta acederem ao site respetivo.

Promovido pelo Santander Universidades, o Data Challenge agrega um grupo de sete universidades e seis empresas - Altice, Bluepharma, Bosch, Prozis, Santander e Sogrape -, que apresentam casos reais. O objetivo é desenvolver soluções para gerir, valorizar e proteger os tais volumes crescentes de dados subaproveitados das empresas, que podem por exemplo, ser interpretados e incorporados nos seus sistemas proutivos para melhor satisfazerem os seus clientes.

Os prémios do Data Challenge ascendem os 75 mil euros. Para além de um prémio pecuniário de 2.500 euros atribuída ao vencedor de cada área, cada um deles terá ainda acesso a uma incubação - durante quatro meses - numa das incubadoras parceiras e a uma formação em temas associados à inteligência artificial ministrada pelo I2A2 - Institut d"Intelligence Artificielle Appliquée, no valor de dez mil euros.

Leia mais sobre o que os responsáveis esperam obter com este desafio na notícia aqui publicada em julho passado Data Challenge Santander procura novos talentos para processar dados

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de