A resposta dada pelas empresas para um futuro próspero na era do digital

Qual é o futuro do retalho? Que repercussões teve o contexto pandémico nos negócios e empresas? Descubra as respostas das empresas a estas perguntas no "CTT e-Commerce Moments" dia 1 de junho.

A pandemia ainda não tem um fim à vista, mas os progressos feitos nesse sentido estão cada vez mais próximos de uma solução. Ao longo de mais de um ano também as empresas precisaram de encontrar soluções para se reinventarem, crescerem e superarem as adversidades impostas pelo contexto pandémico em que temos vivido.
Quais são as perspetivas para o futuro dos negócios? Que consequências e repercussões trouxe a pandemia para as empresas? Estas questões e muitas mais vão ser respondidas na 4ª edição do "CTT e-Commerce Moments", já no dia 1 de junho, das 9 às 13 horas no auditório dos CTT.
Esta iniciativa, uma parceria com o Dinheiro Vivo e a TSF, tem como tema "The next normal. Becoming stronger with e-Commerce", onde vão ser debatidas várias temáticas, sendo o e-Commerce o principal foco de ação.
Dividida em dois painéis, a conferência desta edição vai contar com um primeiro painel que se irá focar na temática "The future of retail. Driving the growth with e-Commerce". Neste painel vão ser debatidas as opiniões e visão de cada empresa com foco no futuro das suas operações online, nas respostas encontradas para responder ao contexto pandémico, quais as suas perspetivas a curto e médio prazo e, ainda, as repercussões no negócio e, em particular, na logística como fator-chave.
De entre o leque de oradores, o primeiro painel vai contar com a presença de Juan Redondo, Chief Digital Transformation Officer (CDTO) na Parfois, Joana Rocha, e-Commerce Manager na hôma, e Patrícia da Costa, Head of Corporate Channels na L'Oréal Portugal.

Juan Redondo
Licenciado em Informática pela Escola Politécnica de Mérida, Juan Redondo iniciou a sua carreira como Architect Software na Inditex, trabalhando atualmente como Chief Digital Transformation Officer (CDTO) na Parfois. Com uma vasta experiência profissional em várias áreas, Juan Redondo trabalhou com vestuário, calçado, acessórios e fábricas na China, Índia, Europa e Bangladesh.

"O retalho não pode ter uma estratégia só baseada em produto e promoções. Temos de ter em conta valores como a sustentabilidade e fidelidade. O cliente será uma peça fundamental no centro de uma estratégia, e temos de ter uma visão 360º. O futuro do retalho vai potenciar-se pelos diversos canais e teremos de nos adaptar tecnologicamente para oferecer a melhor experiência".

Joana Rocha
A trabalhar desde 2014 na hôma como e-Commerce Manager, Joana Rocha é licenciada em Gestão de Empresas pela Universidade Lusíada do Porto e tirou uma Pós-Graduação em Marketing Management no Porto Business School. Na hôma é responsável pela gestão e dinamização do departamento de e-Commerce, com foco nas vendas e satisfação dos clientes, Benchmarking digital e acompanhamento das tendências de mercado, análise de vendas, entre outras coisas.

"Os consumidores estão cada vez mais exigentes e intolerantes, valorizando: rapidez, bom embalamento, assertividade e uma política de devolução simples e gratuita. Devemos, por isso, garantir a maior eficiência dos fluxos logísticos de forma a oferecer aos nossos clientes the best customer journey".

Patrícia da Costa
Licenciada em Gestão pelo ISCTE e completando mais tarde o Mestrado Executivo em Direção Comercial no INDEG, Patrícia da Costa iniciou a sua carreira nos CTT na área de IT como Project Administrator, passando também pela área de consultoria na EY. Está há 8 anos na L'Oréal Portugal onde, atualmente, desempenha a função de Head of Corporate Channels.

"Em 2013 criámos em Portugal o Family and Friends, evento privado limitado a convite para familiares e amigos dos colaboradores, que permite que este público restrito possa adquirir artigos em perfeitas condições, a preços especiais, e que seriam alvo de destruição, minimizando o impacto no meio ambiente. No ano de 2020, devido à inibição de eventos, repensámos o mesmo, transitando a abordagem do modelo físico para o digital, onde elegemos os CTT como parceiro logístico para o efeito por reunir condições que se coadunavam com esta missão".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de