Volvo lança condução autónoma e Youtube nos carros novos

O novo ano vai trazer as tecnologias do futuro para os automóveis. A Volvo não perdeu tempo e acabou de anunciar uma funcionalidade que permite a condução autónoma e, pela primeira vez, uma integração com o Google Home, que possibilita "falar" com o carro.

A condução autónoma será uma realidade já este ano. A Volvo Cars acaba de anunciar, à margem do CES, maior evento de tecnologia do mundo, que vai lançar, em breve, uma nova funcionalidade de condução autónoma não assistida (Ride Pilot), junto dos seus clientes nos Estados Unidos. O piloto automático irá estar disponível como uma subscrição adicional no próximo SUV totalmente elétrico da marca, que será revelado no final deste ano. Aguarda-se apenas a homologação para utilização em autoestradas,

Noutra frente, a Volvo anunciou ainda que será a primeira empresa automóvel a lançar uma integração direta com o ecossistema Google Home bem como outros dispositivos Google Assistant, no âmbito da parceria contínua entre as duas empresas. "Essa integração direta permite a mais perfeita conexão entre o Google Assistant e os automóveis feita até hoje, e vai possibilitar, aos condutores controlarem as funções do seu automóvel por meio de comandos de voz, frequentemente usados em dispositivos domésticos e móveis habilitados para o Google Assistant", precisa a empresa em comunicado.

O acesso ao YouTube será a primeira plataforma de vídeo a ser apresentada e disponível para download nos automóveis Volvo na loja Google Play. Por questões de segurança, o acesso ao Youtube só será possível quando o carro estiver parado, permitindo o seu uso enquanto se carrega a bateria ou quando se está em espera.

Testes para condução autónoma começam na Califórnia

Em meados deste ano, a Volvo Cars pretende iniciar os testes nas estradas da Califórnia (mediante autorização) onde o clima, as condições de tráfego e o quadro regulamentar proporcionam um ambiente favorável para a introdução da condução autónoma.

O novo modo de condução Ride Pilot, construído em cima de um padrão de segurança líder na indústria automóvel, irá permitir que a próxima geração dos automóveis Volvo possam libertar mais tempo para os condutores, e tornar a condução de um automóvel ainda mais conveniente e agradável, sem a tensão mental associada a tráfego intenso.

Na sua próxima geração de automóveis, a Volvo Cars está a estabelecer um novo padrão de segurança, com atualizações de software Over the air em combinação com uma configuração de sensores de última geração. O software é desenvolvido pela empresa de software de condução autónoma (AD) Zenseact em conjunto com a equipa interna de programadores da Volvo Cars e os programadores da Luminar, um dos seus parceiros tecnológicos. Esta nova experiência é permitida por mais de duas dúzias de sensores, incluindo o sensor Iris LiDAR, da Luminar, que trabalha de mãos dadas com o software desenvolvido.

O sensor LiDAR da Luminar irá complementar cinco radares, oito câmaras e dezasseis sensores ultrassónicos no próximo SUV totalmente elétrico da Volvo Cars. Esta configuração padrão de sensores proporciona uma excelente fiabilidade de visão e perceção. Juntamente com a implementação contínua de software OTA, o sistema irá assegurar uma redundância total e permitir que a Volvo Cars alcance uma condução autónoma segura com o Ride Pilot.

"A entrega de um novo padrão de segurança para a indústria requer um nível de testes e verificações rigorosas que irão expandir-se globalmente", disse Ödgärd Anderson, CEO da Zenseact. "O software Zenseact AD desempenha um papel fundamental neste novo padrão e no caminho para zero colisões".

Como parte deste processo de verificação, a Volvo Cars já está a testar as funcionalidades de condução autónoma nas estradas na Suécia, juntamente com a Zenseact, e a recolher dados em toda a Europa e nos EUA. Uma vez verificado que é seguro e quando todas as aprovações necessárias forem asseguradas, a ambição da empresa é introduzir primeiro o Ride Pilot na Califórnia, antes de se lançar gradualmente em outros mercados e regiões em todo o mundo.

"A visão da Luminar é a de democratizar a próxima geração de veículos no que diz respeito à segurança e condução autónoma, e já vemos isto a ser uma realidade com a nova plataforma de automóveis Volvo Cars. Com a tecnologia Luminar como um standard, o próximo SUV terá a oportunidade de ser o automóvel mais seguro em estrada até hoje" - Austin Russel, fundador e CEO Luminar.

É a nova era anunciada para os automóveis a materializar-se, após a disrupção provocada pela eletrificação. Entre 2018 e 2020, a Volvo lançou vários automóveis com motorizações elétricas e, em 2021, lançou em Portugal os primeiros modelos 100% elétricos da marca - O Volvo XC40 Recharge e o Volvo C40 Recharge, estando em linha com os compromissos e valores da marca para o futuro. Atualmente, a sua taxa de comercialização de modelos eletrificados é já superior a 50% do total das vendas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de