A prevenção fez a diferença

A Fricon, apesar da pandemia que se faz sentir neste momento, conseguiu manter todos os seus trabalhadores a tempo inteiro, fazendo algumas alterações aos seus processos. E vÊ o futuro com otimismo. Fundada em 1976, a Fricon está sediada em Vila do Conde, contando com uma outra unidade fabril no Brasil desde 1995. As empresas nasceram sob o impulso de Artur Martins de Azevedo e são hoje continuadas pelos seus familiares. Segundo Hércules Zurita, Assessor da Administração da empresa, "a aposta da Fricon em áreas de atuação complementares abrange o setor doméstico, de bebidas, de congelados e, de forma muito especializada, a produção de equipamentos para retail". A Fricon é ainda a escolha de vários grupos para congelar, refrigerar e conservar os produtos, como é o caso da Unilever, Jerónimo Martins, Sonae, Carrefour, Cencosud, Wal-Mart, Intermarché, Danone, Coca-Cola, Nestlé, Unicer, Heineken, entre outros. Hércules Zurita frisa ainda que a Fricon emprega mais de mil pessoas, 240 delas em Portugal e 800 no Brasil. O assessor da administração acrescenta ainda que "a nível de faturação, a empresa portuguesa fatura cerca de 25 milhões de euros em solo nacional mas, a nível global, esse valor é superior a 100 milhões de euros, estando presente em mais de 115 mercados. A Fricon conta ainda com uma delegação comercial e apoio pós-venda em Madrid desde 2013 e o peso da exportação para a Fricon Portugal, em 2019, foi de 83%". A pandemia levou a que a que a empresa acabasse por implementar "bastantes transformações", como explicou Isabel Azevedo, CEO da Fricon, que passaram pela criação de condições de segurança, com "meios de proteção individual, trabalhando com mais turnos para aliviar o número de pessoas em cada linha de produção, evitando dessa forma o cruzamento entre saídas e entradas, recorrendo ao teletrabalho nas funções compatíveis e reforçando muito a desinfeção das instalações", elogiando ainda o sentido de "partilha de experiências entre empresas": "Sentimos um verdadeiro espírito de entreajuda, mesmo entre concorrentes". https://youtu.be/edOb5M-eMoo Contudo, estas medidas implicam custos inesperados, algo que a empresa preparou, devido à reserva de uma parte significativa dos resultados financeiros, sobretudo dos seus melhores anos, como explica a CEO da empresa: "Assim podemos responder a momentos menos positivos. Num passado recente, embora numa crise diferente, a empresa não se inibiu de reforçar os seus investimentos. Nas últimas semanas realizámos várias reuniões para manter o nosso plano de investimento e delinear novos." A CEO frisa também o facto de não ter sido necessário recorrer ao lay-off, acrescentando que "foi fundamental a cooperação de todo o pessoal técnico, administrativo, comercial, que aderiu com grande empenho pessoal e sentido de equipa". No entanto, estas medidas acabam por ter ainda custos extra, "devido à criação de turnos, ao cancelamento de viagens e feiras das atividades comerciais, ao reforço antecipado do stock de matérias-primas para evitar a rotura, aumento de custos resultantes da quebra de vendas face aos custos fixos, encomendas suspensas ou adiadas, entre outros" explicou Abília Azevedo, membro do conselho de Administração da Fricon. Houve, contudo, outros aspetos positivos, como "um pequeno aumento na procura do equipamento doméstico e novas aberturas de supermercados de pequena dimensão", acrescentou a administradora. No entanto, a Fricon projeta o futuro com otimismo, visto que este assenta no "facto de a Fricon ter novas soluções de frio e da produção portuguesa depender a 80% dos mercados externos", afirmou Isabel Azevedo, acrescentando que "teremos todos de unificar esforços para levantar a nossa economia, uma tarefa exigente, mas que será tão mais simples e rápida quanto melhor nos protegermos e mantivermos as regras de segurança definidas pelas autoridades de saúde. Estamos convictos que teremos que viver com esta pandemia mais algum tempo, sem prolongar o atrofiamento da nossa economia.".

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de