Protechting

30 mil euros e 3 viagens à China: Estes são os vencedores do Protechting

A Visor.ai foi uma das vencedoras da segunda edição do programa Protechting. Da esquerda para a direita: Gonçalo Consiglieri, Afonso Fonseca, Gianluca Pereyra, Bruno Matias.
A Visor.ai foi uma das vencedoras da segunda edição do programa Protechting. Da esquerda para a direita: Gonçalo Consiglieri, Afonso Fonseca, Gianluca Pereyra, Bruno Matias.

Júri acabou por atribuir três prémios monetários de 10 mil euros devido à qualidade dos projetos apresentados pelas startups

O júri “tomou uma decisão muito difícil” e, em vez de uma, escolheu três startups vencedoras na segunda edição do programa Protechting. Amiko, Bdeo e Visor.ai ganharam, cada uma, um prémio monetário de 10 mil euros – num valor total de 30 mil euros – e uma viagem à China para apresentarem cada uma das soluções. Os premiados foram anunciados esta terça-feira no espaço Chiado8, em Lisboa.

“O Protechting 2.0 focou-se em melhores startups, mais maduras e num maior envolvimento dos parceiros. Houve uma forte melhoria na relevância internacional do programa. Melhorámos o fit entre soluções das startups e da Fidelidade. Tivemos melhores casos de desenvolvimento durante fase de aceleração” assinalou Jorge Magalhães Correia, líder da Fidelidade, durante a cerimónia de atribuição de prémios.

A segunda edição do programa Protechting recebeu um total de 119 candidaturas, de 33 países. Ciber risco, robot adviser, chat analytics, doenças crónicas, novos modelos de distribuição, telemedicina e customer analytics foram as principais áreas de intervenção na segunda edição deste programa, que resultou de uma parceria entre a Beta-i, a Fosun e a Fidelidade. O Dinheiro Vivo associou-se a este programa.

Stephan Morais (ex-diretor executivo da Caixa Capital), Carlos Silva (cofundador e CEO da Seedrs), Isabel Vaz (CEO da Luz Saúde) e Vasco Pedro (CEO da Unbabel) foram alguns dos mentores desta edição.

Conheça, abaixo, as três startups vencedoras:

Amiko – Itália – Fundada em janeiro de 2015, esta startup desenvolve soluções digitais que apoiam os cuidados respiratórios, através da recolha de dados em como os pacientes utilizam os medicamentos. Com recurso a sensores avançados e mobile computing e grandes volumes de dados, pretende redesenhar este tipo de cuidados;

Bdeo – Espanha – Nasceu em setembro de 2015 em Espanha e pretende simplificar o processo de peritagem. Em vez de recorrer a formulários em papel, cada cliente usa a câmara do smartphone para fazer vídeos, tirar fotografias, enviar notas e tratar deste tipo de processos de forma virtual com um perito de uma empresa de seguros;

Visor.ai – Portugal – Sistema que automatiza “até 70%” as interações das empresas com clientes com recursos a inteligência artificial e a chatbots (chats automáticos).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (Fotografia: José Coelho/ Lusa)

Marcelo promulga alterações à lei laboral

Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (Fotografia: José Coelho/ Lusa)

Marcelo promulga alterações à lei laboral

. MÁRIO CRUZ/LUSA

Bases para negociação “ainda longe do necessário”, avisa sindicato

Outros conteúdos GMG
30 mil euros e 3 viagens à China: Estes são os vencedores do Protechting