Fazedores

Aceleradora da Gulbenkian tem 10 novas startups de impacto social

Lançamento da aceleradora Maze X em 2019. (Fotografia da Maze X)
Lançamento da aceleradora Maze X em 2019. (Fotografia da Maze X)

Nova edição da Maze X vai contar com apenas uma startup portuguesa. Soluções vão da pesca sustentável à inclusão de pessoas disléxicas.

A Maze X, a aceleradora de impacto social promovida pela Fundação Calouste Gulbenkian, já escolheu as 10 novas startups para a edição de 2020. Pela primeira vez, este programa vai decorrer de forma totalmente remota, segundo anúncio feito esta terça-feira. Das 10 startups selecionadas, apenas uma é portuguesa.

“A nossa prioridade é garantir que toda a rede da Maze X e que todos os recursos estão disponíveis e acessíveis para apoiar os fundadores, da mesma forma que têm estado até hoje. Estamos cientes de que o formato online traz novos desafios, e é por isso que estamos a trabalhar em soluções criativas para mitigá-los e garantir que, do ponto de vista dos fundadores, a única coisa que pareça diferente nesta edição seja o espaço físico”, salienta a responsável de aceleração da Maze, Rita Casimiro, citada em nota de imprensa.

O programa de aceleração promovido pela Gulbenkian vai arrancar a 22 de junho e terá a duração de nove meses. Os projetos escolhidos têm soluções focadas na sustentabilidade & economia circular, saúde & bem-estar e agricultura & alimentação. Também são parceiras da Gulbenkian a fundação Edmond de Rothschild, a sociedade de advogados PLMJ, o banco BNP Paribas, a Luz Saúde e a Casa do Impacto.

As soluções escolhidas para a edição de 2020 vão desde a pesca sustentável à inclusão de pessoas disléxicas:

EcoWave Power (Israel): tecnologia patenteada para a produção de eletricidade limpa a partir das ondas dos mares e oceanos. A tecnologia é composta por peças flutuantes que são anexadas às estruturas marinhas existentes, como quebra-mares, cais e molhes;

ElectricFeel (Suíça): solução de mobilidade que fornece um sistema integrado de maior eficiência operacional, usando soluções de mobilidade elétrica como e-scooters ou bicicletas elétricas. O serviço é fornecido a operadores locais como empreendedores, empresas ou empresas públicas de mobilidade;

ImagiLabs (Suécia): plataforma móvel, acessórios programáveis e uma comunidade para ensinar programação a raparigas. A aplicação móvel combina com os acessórios;

MysteryMinds (Alemanha): soluções inteligentes de encontro entre colaboradores de organizações onde são combinados automaticamente com um ou mais colegas para promover a partilha de conhecimento e melhorar o seu bem-estar;

Nu rise (Portugal): uma solução de equipamento médico que permite aos médicos monitorizarem o nível de radiação emitido próximo a tumores e órgãos adjacentes em risco;

Omoguru (Croácia): conjunto de ferramentas como aplicações para dispositivos móveis, sistema de fontes, integração com o Google Chrome, entre outros, que facilitam a leitura a disléxicos;

Panion (Suécia): aplicação social móvel que usa a pesquisa por palavras-chave para conectar pessoas através de interesses, valores e experiências comuns;

SafetyNet (Reino Unido): hardware que permite aos pescadores especificar facilmente o comprimento de onda, a intensidade, a polarização e o padrão de flash da luz que emite, para atrair melhor o tamanho e as espécies de peixes que estão licenciados para capturar;

Sepiia (Espanha): roupa que necessita de menos cuidados (não precisa de ser passada a ferro, sem manchas, sem cheiro) e proporciona conforto ao usuário (respirável, elástica, sem manchas de suor), tendo assim o mínimo impacto ambiental;

Vytal (Alemanha): Embalagens inteligentes e sustentáveis para serem utilizadas por restaurantes, cantinas e supermercados, os quais pagam por cada enchimento feito. Os consumidores podem usar o serviço gratuitamente (uma embalagem de cada vez) ou fazer uma subscrição premium para terem acesso a várias embalagens em simultâneo e benefícios extra.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
apple one

Apple One junta vários serviços, chega a Portugal mas com limitações. O que tem

A presidente da Comissão Europeia, Ursula Von Der Leyen no discurso do Estado da União. EPA/OLIVIER HOSLET

Regra europeia poria salário mínimo português nos 663 euros

A  90ª edição da Micam, a feira de calçado de Milão, está agendada para os dias 20 a 23 de setembro, com medidas de segurança reforçadas. Fotografia DR

Calçado. Micam arranca este domingo e até há uma nova marca presente

Aceleradora da Gulbenkian tem 10 novas startups de impacto social