Alunos da Católica do Porto criam Netflix do Direito para aulas

Plataforma de streaming com conteúdos de Direito deverá arrancar até março do próximo ano. Surge num momento em que a pandemia dinamizou o ensino à distância.

É uma espécie de Netflix, mas virada para a área do Direito. A plataforma, criada por alunos da Faculdade de Direito da Universidade Católica do Porto, ficará online até março de 2021 e terá uma subscrição mensal. É financiada pela Bolsa Startup Voucher

"A nossa plataforma será construída como uma espécie de "Netflix" do Direito, onde iremos segmentar os temas de estudo pelos grandes ramos - Direito Privado, Direito Civil, Direitos Reais -, de forma a oferecer uma grelha de conteúdos abrangente e que possa ser útil a todos estudantes de Direito em Portugal, independentemente da Faculdade que frequentem", diz Luciano Rezende, citado em nota de imprensa.

O estudante da Escola do Porto da Faculdade de Direito da Universidade Católica, é um dos mentores do projeto, juntamente com Henrique Varino da Silva (finalista da licenciatura em Direito), responsável pela qualidade dos conteúdos, e Ana Campos, estudante da Faculdade de Educação e Psicologia, que terá a cargo a certificação da qualidade didática do ensino.

A plataforma permitirá a consulta de vídeo-aulas, casos práticos e seminários para que estudantes e juristas possam manter-se atualizados relativamente a alterações neste ramo. "Pensada para dar resposta às exigências criadas pela pandemia, em que o estudo passou a ser feito à distância, a plataforma - que ficará online no primeiro trimestre de 2021 e que terá uma subscrição mensal - vem criar um suporte de estudo na área jurídica ao disponibilizar conteúdos de várias unidades curriculares da licenciatura", informa nota de imprensa.

A iniciativa - classificada com 17 valores (numa escala de 20) e que conquistou nota máxima nos requisitos "grau de inovação da ideia" e "resposta às necessidades do mercado" - será financiada pela Bolsa Startup Voucher e dá destaque ao papel dos alunos enquanto transmissores de conhecimento.

"Alguns dos melhores alunos de mestrado da Católica no Porto serão responsáveis pela criação das vídeo-aulas", dizem.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de