Startup Portugal

António Costa lança portal para startups em colaboração com a Índia

António Costa com Narendra Modi, na Índia.
Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA
António Costa com Narendra Modi, na Índia. Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

A iniciativa conjunta foi acordada na visita do primeiro-ministro àquele país e é lançada este sábado, com a presença do homólogo indiano em Lisboa.

No início do ano, de visita à Índia, o primeiro-ministro português assinou, com o chefe do governo do país, um memorando de entendimento que estabelecia uma parceria entre os dois estados na área do empreendedorismo. O acordo incluía a atribuição de um visto especial a fazedores indianos interessados em vir para Portugal e previa ainda a troca de conhecimento e a cooperação no desenvolvimento de ideias e projetos, com o envolvimento de startups, investidores, incubadoras, universidades e entidades governamentais.

Este fim de semana, a caminho de um encontro nos Estados Unidos com o presidente Trump, o primeiro-ministro indiano decidiu retribuir a visita de António Costa e fez uma paragem em Lisboa. Este sábado, Narendra Modi junta-se ao líder do executivo português no lançamento do India Portugal Startup Hub (IPSH), um portal que pretende ligar os ecossistemas empreendedores dos dois países e torná-los mais aptos para se destacarem à escala global.

A plataforma resulta de uma colaboração entre a iniciativa Startup Portugal, a Startup India e a agência de investimento indiana. Pretende a troca de experiências entre os agentes do meio, o reforço do networking e a partilha de iniciativas, eventos e formações. “O Invest India, em colaboração com o Startup Portugal, tratará da gestão do portal, continuará a atualizar o conteúdo e a adicionar recursos, como intermediário entre os ecossistemas indiano e português. Prevê-se ainda que o IPSH seja uma infraestrutura tecnológica e a plataforma comum para futuros programas conjuntos serão executados”, indica o Governo em comunicado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Alberto Souto de Miranda
(Gerardo Santos / Global Imagens)

Governo. “Participar no capital” dos CTT é via “em aberto”

Congresso APDC

“Temos um responsável da regulação que não regula”

Congresso APDC

Governo. Banda larga deve fazer parte do serviço universal

Outros conteúdos GMG
António Costa lança portal para startups em colaboração com a Índia