Bicicleta de montanha elétrica está a nascer em Portugal com engenharia nacional

A startup Lynx Advanced Composites, com atividade na área de desenvolvimento de componentes e quadros para bicicletas em fibra de carbono, fez uma parceria com o INEGI para o desenvolvimento de uma nova bicicleta elétrica que se destaca por apresentar um quadro e um guiador de baixo peso e elevada resistência mecânica.

Produzidos no INEGI, com recurso a uma combinação inovadora de diferentes tecnologias de fabrico de materiais compósitos, nomeadamente fibra de carbono, estes componentes (quadro e guiador) poderão integrar bicicletas de montanha elétricas (e-MTB), cujo quadro é 10% mais leve que o homólogo da concorrência e cuja produção têm a vantagem de exigir menos matéria-prima.

Várias tecnologias de fabrico

Para atingir o objetivo, a equipa do INEGI recorreu à conjugação de várias tecnologias de fabrico, que inclui técnicas tipicamente associadas ao fabrico de peças de alta qualidade nas indústrias automóvel e aeronáutica.

Segundo Rui Mendes, responsável pelo projeto no INEGI, o produto final resulta da "combinação de três tecnologias de fabrico: ​​​​​​​High-Pressure Resin Transfer Molding (HP-RTM - transferência de resina a alta pressão), Carbon Fiber Sheet Molding Compound (CF-SMC) e hand lay-up com recurso a blow-molding".

Para saber mais clique aqui: www.motor24.pt

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de