Book in Loop. Quer poupar nos livros escolares? Eles ajudam

A Book in Loop vende livros escolares usados 60% mais baratos. Quer beneficiar 30 mil famílias e ajudar a poupar 20 milhões de euros até outubro.

Se tem filhos em idade escolar todos os anos a abertura do ano letivo tem apenas um significado no orçamento familiar: um rombo, se não colossal, pelo menos significativo. Em média, calcula a Book in Loop, de 215 euros por cada filho. Mais de 2500 euros em 12 anos de escolaridade obrigatória.

Foi essa realidade que as famílias de João Bernardo Parreira e Manuel Tovar se depararam enquanto os dois fazedores estudavam e que a Book in Loop, plataforma de venda online de livros escolares usados, quer contrariar, prometendo não só um desconto de 60% na compra de livros, como a obtenção de alguma receita com os manuais que estão já não estão a ser usados lá em casa.

"Sempre achámos que as nossas famílias gastavam imenso dinheiro no início de cada ano letivo (quase) desnecessariamente", diz João Bernardo Parreira, ao Dinheiro Vivo. "Percebemos que esta é uma problemática partilhada por muitas das pessoas que nos rodeiam e achámos que podíamos fazer da nossa ideia uma alternativa mais justa para as famílias portuguesas", continua.

E decidiram avançar. Em maio do ano passado, apresentaram o projeto na Startup Weekend, em Coimbra, onde conheceram José Pedro Moura que acabou por se juntar à equipa de fundadores da Book in Loop, plataforma online de compra e venda de livros escolares usados. O projeto tem "investimento 100% nacional de business angels" que investiram cerca de 80 mil euros, montante que "assegura uma entrada sólida no mercado".

Famílias podem poupar 60% com livros escolares

Além de uma plataforma online de compra e venda de livros, a Book in Loop tem pontos de recolha pelo país, onde podem ser depositados os livros escolares usados. "As recolhas de livros só começarão em junho, porque só no final do ano letivo as famílias poderão prescindir dos livros que os estudantes estão a utilizar", lembra João Bernardo Parreira. "Já aderiram à nossa rede 23 pontos com dispersão nacional, mas trabalharemos por ampliar essa rede até abertura das recolhas e divulgação da rede", acrescenta. Mas se preferir, a Book in Loop, faz recolhas ao domicílio com "um pequeno custo para as famílias". Neste processo, a startup conta com o apoio da Urbanos.

A Book in Loop depois verifica se os manuais escolares estão em condições de ser colocados à venda. Os livros são vendidos a 40% do Preço de Venda ao Público (PVP). Assim, um livro novo que tenha um PVP de 25 euros pode ser comprado usado na Book in Loop por 10 euros. Metade desse valor fica para a Book in Loop, a outra metade é "é equitativamente distribuído por todas as famílias que tenham entregado um manual com esse ISBN."

João Bernardo Parreira exemplifica. "Um livro de Ciências da Natureza do 7º ano que novo custe 25 euros, será vendido na plataforma por 10 euros. Metade desse valor (5 euros) é distribuído por todos os utilizadores que tenham entregue o mesmo livro de Ciências da Natureza do 7º ano", diz. "Se tivessem sido entregues 10 livros, cada utilizador receberia na sua conta corrente 0,5 euros por cada livro desse tipo vendido, que pode utilizar na Book in Loop ou resgatar para a sua conta. Se todos os livros do stock desse manual forem vendidos cada utilizador receberá 5 euros (20% do PVP)."

Até ao final do ano, a Book in Loop gostaria de estar a servir "pelo menos 30 mil famílias". "O objetivo é fazer as famílias portuguesas poupar 20 milhões de euros até outubro de 2016. Para isto, queremos atingir 5% das famílias com filhos em idade escolar já este ano", revela João Bernardo Parreira. Ou seja, fechar o ano com uma faturação superior a 1,5 milhões de euros.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de