Bright Pixel Capital lidera ronda de quase 14 milhões de euros da norte-americana Chord

Capital vai permitir à startup expandir a capacidade dos dados da sua plataforma de e-commerce, bem como gerar novas funcionalidades e conhecimento de cliente.

A Bright Pixel Capital anunciou esta quinta-feira que liderou, lado a lado com a Eclipse Ventures, a extensão da ronda de investimento Série A da norte-americana Chord, uma Platform-as-a-Service (PaaS) aplicada ao comércio digital, no valor de 15 milhões de dólares (cerca de 13,9 milhões de euros).

Segundo o braço de investimento tecnológico do grupo Sonae, a startup, sediada em Nova Iorque, propõe-se a resolver um dos maiores desafios do comércio eletrónico: ter acesso à tecnologia mais sofisticada, sem que para isso seja necessário uma equipa numerosa e dispendiosa.

Assim, a solução em causa combina headless commerce - uma abordagem ao comércio eletrónico que permite que empresas se tornem mais ágeis e flexíveis para testar e experimentar, separando melhor o front-end e o back-end - e uma infraestrutura de dados que integra com o sistema da marca e é pré-configurada para a melhor recolha e modelagem de dados por categoria, bem como conhecimento sintetizado.

"A capacidade da Chord de elevar as marcas de comércio com um produto único, apoiada por uma equipa de gestão de referência, foram fatores críticos que nos levaram a selecioná-la como o nosso tão esperado investimento em headless commerce", confessa Miguel Bagulho, diretor de investimentos da Bright Pixel Capital, citado em comunicado.

"O nosso objetivo é identificar oportunidades que se distinguem e que são capazes de transformar a indústria em setores como o retalho, cibersegurança e infraestruturas digitais", acrescenta o mesmo responsável.

O capital angariado na ronda - na qual a GC1 Ventures, TechNexus Venture Collaborative e Anti Fund VC se juntaram aos investidores existentes Imaginary Ventures, Foundation Capital e White Star Capital - vai servir para expandir as capacidades de processamento de dados do produto da Chord e para disponibilizá-lo a todas as marcas.

Uma das etapas para alcançar estes objetivos inclui o lançamento de uma infraestrutura de dados baseada em machine learning, que permite às marcas tomarem decisões críticas com base na compreensão de como as principais métricas do cliente mudarão ao longo do tempo, dá conta a Bright Pixel.

"As marcas precisam de acesso fácil a dados precisos e a funcionalidades-chave exigidas pelo comércio moderno, sem as despesas e dificuldades operacionais para alcançá-los. Estamos a dar-lhes a liberdade e a capacidade de trabalharem nas suas empresas, construindo, crescendo e aperfeiçoando-as, sem se preocuparem com a componente técnica", remata Bryan Mahoney, CEO e cofundador da Chord.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de