Tecnologia

Bright Pixel procura programadores e startups de blockchain para projeto europeu

Fonte: Bright Pixel
Fonte: Bright Pixel

A Bright Pixel está à procura de programadores ou startups ligadas à área de blockchain, que estejam interessados em participar em projeto europeu.

O consórcio BlockStart, liderado pela portuguesa Bright Pixel, está a aceitar candidaturas para quem queira ajudar a desenvolver a área de blockchain. Nesta primeira chamada do projeto, serão aceites candidaturas de programadores ou de startups que estejam ligadas a este tipo de tecnologia.

As candidaturas podem ser feitas até ao dia 10 de fevereiro, para programadores ou startups que desenvolvam soluções baseadas em blockchain, aplicáveis a áreas como retalho, fintech ou tecnologias de informação e comunicação, avança a Bright Pixel.

Nesta fase, serão selecionados 20 projetos, que serão apresentados durante o Pixels Camp, o maior evento dedicado à comunidade tecnológica portuguesa. A edição deste ano está marcada para os dias 26, 27 e 28 de março. Cada um dos projetos pode receber até 20 mil euros em financiamento equity free.

Leia também | UE lança apoio de 3,2 mil milhões para investigação de baterias de lítio

“Este projeto europeu é bastante ambicioso, pelas várias frentes que pretende abordar. Arrancamos agora com uma call para encontrar as soluções mais inovadoras para depois começarmos à procura das PME que as irão implementar e validar. Acreditamos que este modelo de validação do mercado irá permitir a muitos projetos crescerem e melhorarem mais rapidamente, promovendo, por consequência, uma mais rápida adoção da tecnologia blockchain pelas empresas”, afirma Celso Martinho, cofundador e CEO da Bright Pixel.

Esta será a primeira de três fases, distribuídas ao longo dos próximos dois anos. Este projeto europeu tem cerca de 800 mil euros para apoiar 60 empreendedores e 60 PME. Além do apoio monetário, a ideia passa também por potenciar as boas práticas de utilização desta tecnologia, que pode ser aplicada a várias indústrias, através da realização de workshops, conferências ou relatórios.

Leia também | Blockchain tem uma nova missão: evitar intoxicações alimentares

Neste momento, já há uma startup pré-selecionada pela esta primeira chamada a nível europeu. A startup italiana FlowPay, que desenvolveu um sistema de faturação inteligente para as empresas, foi pré-selecionada para esta primeira chamada do concurso, durante a Web Summit, em novembro.

As candidaturas podem ser feitas na página do programa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Economia portuguesa afunda 16,3% entre abril e junho

Visitantes na Festa do Avante.

Avante!: PCP reduz lotação a um terço, só vão entrar até 33 mil pessoas por dia

covid 19 portugal casos coronavirus DGS

Mais 235 infetados e duas mortes por covid-19 em Portugal. Números baixam

Bright Pixel procura programadores e startups de blockchain para projeto europeu