Investimento

Bright Pixel tem oito milhões de euros para investir em startups

Celso Martinho, líder da incubadora Bright Pixel. Fotografia: PAULO SPRANGER/Global Imagens
Celso Martinho, líder da incubadora Bright Pixel. Fotografia: PAULO SPRANGER/Global Imagens

Cada startup poderá receber entre 50 mil (pre-seed) e 500 mil euros (seed), podendo a Bright Ventures manter-se como coinvestidora noutras fases

A Bright Pixel, o laboratório de startups do grupo Sonae, já tem pronto o fundo para investir em novos projetos tecnológicos. A entidade liderada por Celso Martinho está a apresentar ao mercado a Bright Ventures, a sociedade de capital de risco que vai ter oito milhões de euros, nos próximos três anos, para investir em startups.

“Vamos começar a acelerar o investimento. Finalmente o nosso primeiro fundo está operacional”, adianta Celso Martinho em entrevista ao Dinheiro Vivo. A Bright Ventures vai apostar em algumas áreas específicas como retalho, telecomunicações, cibersegurança e media. “Estamos muito alinhados com a visão da Sonae”, assinala o líder da Bright Pixel.

Os investimentos também poderão ser feitos em novas empresas financeiras (fintech).”Estamos a ultimar essa decisão estratégica”, diz Celso Martinho. A Bright Ventures poderá ainda participar em rondas de investimento mais avançadas, mas apenas como coinvestidora.

Cada startup poderá receber entre 50 mil (pre-seed) e 500 mil euros (seed), podendo a Bright Ventures manter-se como coinvestidora em rondas de financiamento mais avançadas.

Celso Martinho, também sócio da Bright Ventures, diz ainda que poderão ser usados outros critérios de investimento. “Se um projeto usar uma tecnologia que possa ser aplicada a um vasto conjunto de indústrias ou mercados nós poderemos estar interessados em investir pela tecnologia e não necessariamente apenas pelo vertical. Por exemplo, no caso da inteligência artificial, temos muito interesse em olhar para a tecnologia porque ela serve muitos propósitos.”

A Bright Pixel está a preparar a segunda edição do Pixels Camp, evento de três dias dedicado à programação e que está marcado para os dias 28, 29 e 30 de setembro, no pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto:  EPA/ANDY RAIN

Sem acordo pós-brexit, Portugal pode exportar menos cerca de 300 milhões

marcelo

Marcelo admite possível “problema europeu” mas sem fecho de fronteiras

Foto: D.R.

PSI20 cai 2,28%. Perdas na Europa continuam devido ao coronavírus

Bright Pixel tem oito milhões de euros para investir em startups