Programa de aceleração

Candidaturas para o programa de aceleração From Start-to-Table abertas

As candidaturas para o programa de aceleração From Start-to-Table estão abertas até ao final de setembro para projetos nacionais e internacionais.

As candidaturas para o programa de aceleração From Start-to-Table, promovido pela Startup Lisboa com o apoio do Turismo de Portugal, para o setor da restauração arrancam esta segunda-feira, 27 de agosto, e prolongam-se até 30 de setembro no site do programa, de acordo com a informação enviada às redações.

O From Start-to-Table procura projetos inovadores que estejam inseridos na área da restauração, podendo concorrer projetos de todo o mundo desde que tenham menos de dois anos de vida. “As startups inscritas vão ser sujeitas a uma sessão de júri de onde sairão os 20 projetos finalistas que participam no programa de aceleração: 10 projetos de âmbito tecnológico e 10 projetos de âmbito não tecnológico. Ao longo de 9 semanas, os empreendedores terão oportunidade de trabalhar na prototipagem e validação do seu produto, ter acesso a uma vasta rede de mentores das mais diversas áreas necessárias ao desenvolvimento do negócio, a especialistas e investidores do ecossistema e ainda a vantagens e serviços oferecidos por parceiros”, pode ler-se ainda no documento.

A Delta Cafés é parceira na área da inovação deste programa de aceleração e “trará várias vantagens aos participantes, nomeadamente a sua experiência e inovação no sector da restauração, o apoio na prototipagem de tecnologias em contexto real e o acesso a uma vasta rede de clientes e parceiros da marca”.

No final do programa vão ser escolhidos dois projetos – um tecnológico e outro na vertente não tecnológica – que vão receber um prémio de 10 mil euros cada e incubação na Startup Lisboa.

Ana Mendes Godinho, Secretária de Estado do Turismo, em comunicado nota que: “Este programa de aceleração é uma ótima oportunidade para potenciarmos a inovação e a modernização do setor da restauração. O apoio às startups tem sido uma das nossas prioridades – desde 2017 apoiámos programas de aceleração envolvendo 600 startups e levámos 60 a feiras internacionais de turismo, porque é fundamental que tenhamos uma oferta diferenciada, antecipando os desafios do futuro do Turismo”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa, Pedro Siza Vieira, ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, e Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.  MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Salários, crédito, moratórias e rendas. O que vai ajudar famílias e empresas

EPA/Enric Fontcuberta

Mais de 100 mil recibos verdes candidataram-se ao apoio à redução da atividade

A ministra da Saúde, Marta Temido.. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

295 mortos e 11 278 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Candidaturas para o programa de aceleração From Start-to-Table abertas