Concurso de Ideias

Chivas The Venture: Uma destas cinco startups vai representar Portugal

Miguel Neiva, inventor do projecto ColorADD, que venceu a última edição do Chivas The Venture. Fotografia: Artur Machado / Global Imagens
Miguel Neiva, inventor do projecto ColorADD, que venceu a última edição do Chivas The Venture. Fotografia: Artur Machado / Global Imagens

A startup selecionada, além de ganhar um prémio monetário de 3 mil euros, vai participar numa semana de aceleração em Oxford (Inglaterra)

Já foram escolhidas as cinco startups que poderão representar Portugal no concurso mundial Chivas The Venture, dedicado ao empreendedorismo social. Entre as 30 candidaturas recebidas, apenas cinco passaram à última fase. O vencedor nacional será conhecido na próxima quarta-feira, 18 de janeiro, no Museu da Água.

A startup selecionada, além de ganhar um prémio monetário de 3 mil euros, vai participar numa semana de aceleração em Oxford (Inglaterra) com os projetos finalistas de mais 31 países. A partir daí, poderá participar na final global, que será realizada em Los Angeles, nos Estados Unidos, e onde são atribuídos prémios até um milhão de dólares (944 mil euros).

A última edição do Chivas The Venture foi ganha pela ColorADD.

O criativo português André Moreira é um dos principais fundadores deste projeto, como conta em entrevista dada ao Dinheiro Vivo em outubro de 2016.

Conheça abaixo as cinco startups selecionadas:

Sun Conceptstartup de construção naval electro-solar de Olhão (Algarve), que se baseou na inovação, design industrial e sustentabilidade para criar um conceito de embarcação alimentada pela energia solar;

Noocitydesenvolvimento e criação de uma horta caseira de forma mais fácil e simples, através de uma “cama de cultivo com sistema de auto rega que facilita a agricultura biológica (legumes, frutos e ervas) em qualquer lugar”. O processo permite poupar água e oferece maior autonomia ao “agricultor” porque não exige uma rega muito frequente;

NU-RISEdesenvolve o PRO-DOSE, equipamento desenvolvido para responder à falta de monitorização e controlo nos tratamentos contra o cancro da mama e da próstata, possibilitando o ajusto do tratamento em tempo real;

Places4Allprojeto de empreendedorismo social que consiste num sistema de avaliação baseado em quatro parâmetros – acessos (inclui estacionamento e transportes públicos, por exemplo), exterior (aqui avaliam-se rampas ou obstáculos, entre outros), percurso interior (além da mobilidade, analisa-se a informação visual ou sonora) e os bens e serviços – que dão origem a uma classificação de 0 a 100 e que será divulgada como “selo de qualidade” dos locais;

MedSimLabempresa que desenvolveu uma inovadora solução – o pCPR -, que se propõe a assistir devidamente as equipas de emergência médica e, assim, salvar mais vidas, e melhorar a qualidade de vida pós paragem-cardíaca.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Autoeuropa já conta com mais de 5700 trabalhadores. Fotografia: Pedro Saraiva

Crise na Autoeuropa põe em risco 19 fornecedores da Volkswagen

02.08_CTT

Recomendações ao Governo para reverter privatização dos CTT debatidas na AR

Foto: EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

Brexit: UE a 27 dá “luz verde” à segunda fase das negociações com Reino Unido

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Conteúdo TUI
Chivas The Venture: Uma destas cinco startups vai representar Portugal