Cinco grandes empresas desafiam startups fora de Lisboa e do Porto

Portugal de Startup em Startup é um programa para arranjar clientes industriais a startups em fase inicial. Orçamento é de um milhão de euros e conta com a parceria entre Microsoft Portugal, Startup Portugal e a Beta-i.

Cinco grandes empresas industriais portuguesas vão lançar desafios para as startups que estão registadas fora de Lisboa e do Porto. O programa Portugal de Startup em Startup é lançado esta quarta-feira e conta com um orçamento total de um milhão de euros para descentralizar a aceleração de novos negócios.

A iniciativa terá a duração de quatro meses e os desafios serão lançados pelas empresas as empresas BA Glass (produção de garrafas), Corticeira Amorim (transformação de cortiça), Delta Cafés (torra de café), Eletricidade dos Açores (fornecimento de eletricidade) e Prio (distribuição de combustíveis).

Poderão inscrever-se através desta página, até 14 de novembro, as startups com protótipo (designado de MVP), na área de software para empresas (B2B) e que estejam em preparação para financiamento pre-seed ou seed (semente).

Depois dessa etapa, será selecionada uma startup para responder a cada um dos desafios. Mediante o sucesso de cada uma das parcerias, os pilotos desenvolvidos poderão posteriormente evoluir para parcerias comerciais entre as empresas e as startups.

O programa terá três parceiros estratégicos: Microsoft Portugal, Startup Portugal e a plataforma de inovação Beta-i.

A Microsoft Portugal é a parceira tecnológica e vai disponibilizar gratuitamente acesso à tecnologia cloud Azure para as startups que entrarem nos desafios.

Quando assinou o memorando de entendimento com o ministério da Economia, em novembro de 2020, uma das iniciativas passava pela criação de um programa para apoiar cinco startups portuguesas num montante de até um milhão de euros.

A Beta-i vai colaborar com as empresas no desenvolvimento dos desafios e na aceleração dos negócios.

A Startup Portugal é a associação que reúne o ecossistema empreendedor português e que vai dinamizar todo o programa.

Findo o período das inscrições, as candidaturas serão avaliadas entre 15 e 26 de novembro. Os projetos selecionados irão trabalhar com as empresas durante o mês de dezembro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de