fazedores

Conheça as cinco startups portuguesas no top-100 da Europa

Virgílio Bento, fundador da SWORD Health (Fotografia cedida pela Sword Health)
Virgílio Bento, fundador da SWORD Health (Fotografia cedida pela Sword Health)

DefinedCrowd, Sword Health, Jscrambler, 20tree.ai e Barkyn vão representar Portugal na competição Tech5, que vai decorrer em Amesterdão em junho.

Portugal volta a ter cinco startups entre as 100 melhores novas empresas tecnológicas na Europa. DefinedCrowd, Sword Health, Jscrambler, 20tree.ai e Barkyn vão representar o país na competição Tech5, organizada pela fintech Adyen em parceria com o festival The Next Web, que vai voltar a ser organizado em Amesterdão, Países Baixos.

Este é o segundo ano em que Portugal participa neste concurso, tendo sido selecionadas em vários países europeus e em Israel um total de 100 scaleups, isto é, startups que já encontraram e experimentaram um modelo negócio e de criação de receitas, entrando numa fase de forte crescimento, geralmente com, pelo menos, 10 trabalhadores e um crescimento sustentável superior a 20% do volume de negócios anual.

As startups finalistas foram selecionadas por um júri composto por investidores, influencers e especialistas em tecnologia. Vão agora enfrentar os congéneres europeus com base em critérios como adaptação ao mercado, o capital e as rondas de investimento, o crescimento, a cobertura nos meios de comunicação social e o impacto social, segundo a informação divulgada esta sexta-feira em nota de imprensa.

A competição Tech5 vai decorrer pelo sétimo ano consecutivo e já serviu de plataforma de lançamento para empresas tecnológicas como Transferwise, Delivery Hero, Cabify, Foodpanda e Emma Mattress. Até à data, os finalistas desta competição conseguiram mais de 20 mil milhões de euros de financiamento.

O vencedor deste ano do Tech5 será anunciado no dia 17 de junho, em Amesterdão, durante o primeiro dia do festival The Next Web. Em 2019, a Unbabel foi a melhor classificada portuguesa, tendo terminado na terceira posição.

Conheça, abaixo, as empresas selecionadas:

DefinedCrowd: criada em Seattle por portugueses, desenvolve soluções de inteligência artificial para permitir que os robôs percebam melhor as indicações dadas pelos seres humanos. Na sua última ronda de financiamento, a empresa conseguiu quase 12 milhões de dólares (cerca de 11 milhões de euros) de investimento por parte de empresas como a Amazon ou a Sony. No total, já angariou 12,9 milhões de dólares (cerca de 12 milhões de euros), em financiamento.

  • Sword Health: primeiro sistema de fisioterapia digital com recurso à inteligência artificial, desenvolvendo uma ligação entre um fisioterapeuta online e as equipas médicas no terreno, para proporcionar o melhor tratamento possível. Conseguiu angariar oito milhões de dólares na última ronda de investimento. No total, conta com 15 milhões de dólares em financiamento.
  • Jscrambler: com sede na cidade do Porto, é especializada em criar soluções de segurança para evitar fraudes em páginas web que são criadas em Javascript além de monitorizar possíveis quebras de segurança. Na última ronda de investimento, conseguiu angariar 2,3 milhões de dólares (cerca de 2,1 milhões de euros).
  • 20tree.ai: através de imagens recolhidas por satélite, utiliza inteligência artificial para ter uma melhor perceção dos padrões de crescimento de florestas. Também contribui para prever o impacto de projetos de agricultura e desenvolvimento urbano em espaços verdes. Na última ronda de investimento, conseguiu 120 mil dólares (cerca de 110 mil euros) de financiamento.
  • Barkyn: criada na cidade do Porto, desenvolveu um serviço de subscrição mensal online a pensar nos animais de estimação, com benefícios que vão desde a entrega de ração, brinquedos, snacks até acompanhamento veterinário. Na última ronda de investimento, conseguiu angariar 1,7 milhões de euros.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, em declarações à comunicação social após a sessão de apresentação sobre a “Situação epidemiológica da Covid-19 em Portugal”, realizada no Infarmed, em Lisboa, 24 de março de 2020. RODRIGO ANTUNES/LUSA

“Impõe-se manter as medidas de contenção”, diz Marcelo

Foto: DR

Eletricidade. Fatura das famílias pode sofrer agravamento de quase 70%

Aviao TAP

Oficial: TAP avança para lay-off de 90% dos trabalhadores

Conheça as cinco startups portuguesas no top-100 da Europa