Tecnologia

CrowdProcess representa Portugal em conferência de fintech

Money 20/20 é considerado um dos maiores eventos de todo o mundo na área das fintech. Fotografia: DR
Money 20/20 é considerado um dos maiores eventos de todo o mundo na área das fintech. Fotografia: DR

Portugal vai estar também representado por um dos fundadores da Feedzai, Nuno Sebastião

A CrowdProcess vai representar Portugal no Startup Pitch de uma das maiores conferências mundiais de startups financeiras (fintech). A empresa fundada em 2013 vai competir com outras 11 empresas na Money 20/20, que vai decorrer na próxima semana, entre 4 e 7 de abril, em Copenhaga, Dinamarca.

Os 12 candidatos vão fazer uma apresentação de quatro minutos e serão avaliados por um júri constituído por quatro elementos. Há, em disputa, um total de 22 mil euros em prémios.

Leia aqui: Banca do futuro. Vamos deixar de ir ao Multibanco para pagar contas

A CrowdProcess, que está incubada na Startup Lisboa, é conhecida pelo software James, que pretende reduzir em até 33% o crédito mal parado na banca. Esta plataforma de computação avançada para risco financeiro já é utilizada por instituições financeiras em quatro países. A startup portuguesa conta também com um escritório em Nova Iorque.

Além do Startup Pitch, Portugal vai estar também representado pelo presidente executivo da Feedzai. Nuno Sebastião vai participar a 5 de abril num painel sobre como a inteligência artificial e a análise de dados estão a revolucionar o crédito, o risco e a fraude no sector financeiro.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
João Lousada no deserto de Omã como astronauta análogo, em 2018

João Lousada. Conheça o primeiro português a liderar a Estação Espacial

João Lousada no deserto de Omã como astronauta análogo, em 2018

João Lousada. Conheça o primeiro português a liderar a Estação Espacial

Fotografia: REUTERS/Henry Nicholls - RC122C9DD810

Cartas de Boris Johnson causam surpresa e perplexidade em Bruxelas

Outros conteúdos GMG
CrowdProcess representa Portugal em conferência de fintech