Discotecas reabrem à meia-noite. Esta aplicação ajuda clientes e negócios

Wikinight adaptou-se às normas sanitárias e investiu 100 mil euros para juntar controlo de entradas, pagamentos e certificado digital numa só plataforma.

A hora e a noite estão marcadas: a partir da meia-noite de sexta-feira, 1 de outubro, as discotecas podem reabrir as portas, depois de ano e meio de encerramento forçado por causa da pandemia e das normas sanitárias da Direção-Geral da Saúde (DGS). Na hora de encontrar a melhor pista de dança, a aplicação móvel Wikinight vai ajudar clientes e os negócios.

Depois de descarregar a aplicação nos sistemas operativos iOS (Apple) e Android (Google), é necessário criar um perfil gratuito na plataforma. Completado este processo, o utilizador pode fazer o registo na guest list digital e juntar o certificado digital.

Para entrar no estabelecimento sem gerar filas e sem haver contacto físico com os funcionários, é gerado um código QR. Os utilizadores também recebem uma mensagem automática com as regras de segurança em vigor para cada espaço.

Além de dar acesso a ofertas e promoções exclusivas, a Wikinight também permite fazer pré-reservas e pagar os consumos através do serviço MB Way ou por Multibanco, evitando a troca de dinheiro e as filas.

Para o segmento empresarial, a aplicação também funciona como uma ferramenta de promoção dos espaços noturnos: é possível enviar comunicações, promoções e ofertas para os clientes em tempo real.

A inclusão destas soluções na aplicação móvel foi possível graças a um investimento de 100 mil euros nos últimos meses.

"Em 2019, a Wikinight veio preencher uma lacuna grande no que toca à vida noturna em Portugal. Durante a pandemia, tal como tantos outros negócios, decidimos adequar-nos às novas preocupações e necessidades do mercado, investindo os nossos recursos para melhorar a plataforma de forma a darmos resposta ao tão aguardado regresso do (novo) normal", destaca Francisco Coutinho, citado em comunicado de imprensa.

Atualmente, a aplicação está disponível em Portugal e em Espanha.

Em Portugal, a solução funciona nas cidades de Aveiro, Braga, Coimbra, Faro, Funchal, Lisboa, Porto e Setúbal.

Em Espanha, estão incluídas as cidades de Álava, Barcelona, Biscaia, Guipúscoa, Madrid, Málaga, Múrcia, Saragoça, Sevilha, Valência e ainda as ilhas Baleares.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de