novos negócios

Eat at a Local’s. Para quem quer abrir a porta de casa a turistas

Joana Glória, fundadora da plataforma Eat at a Local's.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)
Joana Glória, fundadora da plataforma Eat at a Local's. (Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

A plataforma Eat At A Local’s pretende mostrar a cultura portuguesa a estrangeiros, que podem reservar mesa diretamente em casa das pessoas.

Dona Ângela é a inspiração de Joana Glória. “A minha avó sempre recebeu turistas em casa. Ainda hoje o faz e já o fazia antes até de eu nascer e da moda dos hostéis. Passei vários natais rodeada de estrangeiros e é por isso que sempre estive aberta ao mundo”, conta a fazedora.

Tudo terá começado aí: o bichinho das viagens e de conhecer novas culturas levaram a algarvia Joana a estudar gestão hoteleira e a abrir duas Guest Houses em Lagos. Com esses negócios, começou a notar uma tendência entre os seus clientes. “Quando fazia petiscadas reparava que eles preferiam ficar comigo a ir comer a restaurantes.” Estava plantada a semente daquilo que seria mais tarde a Eat at a Local’s, uma plataforma onde as pessoas se podem inscrever para cozinhar, em sua casa, para turistas.

Das Guest Houses ao negócio digital, Joana Glória passou por várias fases. Primeiro, surgiu-lhe o desgaste físico do trabalho, depois uma vontade de vir morar para Lisboa. Por último, nasceu-lhe a certeza de querer um projeto que pudesse desenvolver a partir de qualquer parte do mundo.

A ideia materializou-se em junho de 2017, depois de uma conversa com uma amiga. “Ela comentou comigo que gostava de receber turistas para cozinhar em casa. Aquilo ficou-me na cabeça e, no dia a seguir, acordei e decidi: vou montar um site!”

A carregar player...

A partir desse momento, tudo se processou rapidamente, recorda Joana. Em julho andou a consolidar a ideia, decidiu o nome – “pensei num nome que fosse um termo pesquisável no Google”, – e em agosto estava a contratar uma empresa para lhe desenvolver a plataforma online.

Entretanto, concretiza-se outra vontade que lhe atrasa o projeto: mudou-se para a capital do país. “Perdi os negócios no Algarve, porque as Guest Houses eram em casas arrendadas e foi quando decidi vir para Lisboa. A mudança acabou por atrasar um pouco o processo de desenvolvimento do site.”

O lançamento oficial do Eat At a Local’s estava marcado para o verão de 2018. Acabou por acontecer em março de 2019. Pelo caminho, Joana Glória fez crescer a sua equipa. “Percebi que já não estava a conseguir tratar de tudo sozinha e chamei duas pessoas para ajudar”.

Neste momento, quem aceder à página oficial da plataforma, consegue encontrar consegue encontrar nove experiências: tanto almoços como jantares em casa de pessoas que moram em várias geografias portuguesas. O produto é semelhante ao que a gigante AirBnb já oferece no seu site. “A maior diferença é que aqui a experiência gastronómica é sempre em casa das pessoas,” frisa a fazedora.

Neste momento, Joana e a sua equipa estão em fase de angariação de anfitriões. Já têm cerca de 40 inscrições, precisam agora de as materializar em ofertas concretas. “Estamos a fazer um acompanhamento. Fizemos uma roadtrip pelo país para divulgar algumas histórias, – porque já tivemos várias reservas, – e, dessa forma, transmitir uma maior confiança às pessoas. Às vezes só é difícil arrancar. Quando uns começam, os outros depois vão atrás.”

Quando o mercado português estiver ganho, Joana Glória poderá vir a seguir dois caminhos. Ou arrancará com o projeto para Espanha ou manterá o foco na cultura portuguesa. “Ainda estou indecisa. Posso ir para Espanha, mas já há plataformas internacionais a fazer isto. Por isso, estou com vontade de espalhar Portugal pelo mundo.”

Foi o contacto com emigrantes com vontade de aderir à plataforma que a fez pensar na segunda opção. Sabe que seria mais diferenciador, mas talvez não tão lucrativo. O que não a desmotiva. “Dá-me prazer marcar pela diferença. Não é por ter mais zeros na conta que vou ser mais feliz.”

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Tony Dias/Global Imagens)

Consumo dispara e bate subida de rendimentos

Hotéis de Lisboa esgotaram

“Grandes” eventos impulsionaram aumento dos preços na hotelaria em junho

TIAGO PETINGA/LUSA

Motoristas mantêm greve. “Vamos fazer diligências até chegarmos ao diálogo”

Outros conteúdos GMG
Eat at a Local’s. Para quem quer abrir a porta de casa a turistas