startups

EDP cria capital de risco com 7 milhões para apoiar startups brasileiras

(DR)
(DR)

A EDP anunciou hoje que vai canalizar sete milhões de euros para apoiar startups inovadoras no setor energético no Brasil.

A EDP anunciou hoje que vai canalizar sete milhões de euros para apoiar startups inovadoras no setor energético no Brasil através do que diz ser “o primeiro veículo de investimento de capital de risco corporativo do mercado de energia brasileiro”.

Em comunicado, a EDP adianta que a EDP Ventures Brasil tem inicialmente disponíveis cerca de sete milhões de euros para projetos empreendedores nas áreas de ‘soluções com foco no cliente’, ‘inovação digital’, ‘energias renováveis’, ‘armazenamento de energia’ e ‘redes inteligentes’.

“A criação deste veículo de investimento vai permitir acelerar o desenvolvimento de tecnologias inovadoras, proporcionando não só melhorias para a EDP como para o setor elétrico brasileiro e mundial”, sustenta.

Segundo explica, “além de investimento em capital, a EDP Ventures Brasil também oferece apoio financeiro para a realização de projetos-piloto e acesso às áreas de negócio e aos ativos do grupo EDP, presente em 14 países”, para além do “apoio de uma rede parceira de incubadoras, aceleradoras e investidores brasileiros e internacionais”.

A EDP Ventures Brasil está direcionada quer para ‘startups’ (empresas com elevado potencial de crescimento) em fase inicial de desenvolvimento (‘seed investment’), quer para ‘startups’ mais maduras (séries A), admitindo a “possibilidade de coinvestimento com outras empresas ou fundos parceiros”.

“Com a criação de uma ‘corporate venture capital’ consolidamos a nossa posição de pioneirismo em inovação no setor elétrico, além de contribuirmos para o desenvolvimento do ecossistema empreendedor nacional”, sustenta o vice-presidente de novos negócios da EDP Brasil, Carlos Andrade, citado no comunicado.

Com este lançamento, a EDP diz “reforçar a partir do Brasil a estratégia iniciada em 2008 em Portugal através da EDP Ventures”, que “já investiu 26 milhões de euros e conta, atualmente, com 16 ‘startups’ portuguesas e estrangeiras (da Europa, EUA e Israel) no seu portfólio”, responsáveis por “38 milhões de euros em receitas/ano” e “mais de 500 postos de trabalho”.

“Com a criação deste novo veículo, a EDP consegue ajudar a acelerar o potencial do empreendedorismo brasileiro e acompanhar de perto os projetos mais inovadores, nas áreas estratégicas para a empresa”, conclui a elétrica.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Combustíveis

Encher o depósito para ir de férias fica mais barato: combustíveis descem preços

Combustíveis

Encher o depósito para ir de férias fica mais barato: combustíveis descem preços

Foto: Paulo Spranger

Contadores inteligentes acabam com estimativas na conta da luz

Outros conteúdos GMG
EDP cria capital de risco com 7 milhões para apoiar startups brasileiras