Eles fizeram dos "like" um negócio

Esta ideia não é 100% portuguesa. Porquê? Porque Miguel Amaral, Joel Carvalho e Miguel Araújo estavam de passagem por Wroclaw, na Polónia, quando, numa visita aborrecida a um museu, apareceu um quadro - o único quadro - de que gostaram.

"Devia haver uma maneira de pôr um like no quadro para mostrar que aquela peça era a nossa favorita", recorda Miguel Amaral, engenheiro civil e bolseiro de investigação a fazer um MBA em Gestão de Empresas. A ideia ficou em banho-maria entre Agosto e Outubro até que, a 5 de Novembro, a Cordeiros Galeria, no Porto, recebeu o primeiro sistema montado pela ACAdivulge.

"O nosso objectivo era levar mais jovens aos museus através de qualquer coisa que impelisse a uma visita. Conseguimos concretizar o objectivo com a associação às redes sociais." A experiência dos museus dos quatro bolseiros de investigação - três engenheiros civis e o informático Tiago Marques, 23 anos - foi adaptada à apresentação do novo Porsche (em Braga, na última quinta-feira). Através da permissão de acesso ao e-mail, as pessoas foram convidadas a escolher o carro favorito entre sete cores diferentes.

O resultado das participações é publicado nas respectivas páginas do Facebook das empresas/galerias em questão e serve de divulgação e barómetro de reacções. No final, com a factura segue a análise dos dados estatísticos e, claro, o cartão-de-visita da empresa.

Retrato

A ACAdivulge foi criada em Outubro de 2011 e o nome deriva das iniciais dos fundadores: (Miguel) Amaral (Joel), Carvalho e (Miguel) Araújo. Os três sócios iniciais investiram 4500euro no primeiro trabalho da empresa. Os serviços da empresa custam a partir de 300euro e dependem da informação pretendida. www.acadivulge.com

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de