restauração

Eric Kayser abre Salad Bar

Rede de padarias e pastelarias cria conceito que integra a estratégia da marca em aliar opções de alimentação saudável e rapidez de serviço.

Inspirada na prática parisiense de comer saladas, a Eric Kayser arranca o novo ano com uma novidade: um Salad Bar. O conceito não permite aos clientes criarem a sua própria salada mas combinar oito receitas de saladas cujas receitas foram pensadas pelo chef.

Servidas em taças de salada, as refeições do Salad Bar estão disponíveis em versão pequena (inclui dois tipos de saladas e custa 4 euros) ou grande (inclui quatro tipos de salada e custa 5,75 euros). O menu de saladas conta com opções como a salada Ceasar, lentilhas e bacon, funcho, pêra e feta, arroz, lentilhas e atum, massa com frango e rabanete, funcho e presunto, entre outras.

A nova opção de almoço integra a estratégia da marca em aliar opções de alimentação saudável e rapidez de serviço.

A rede de padarias de uma das mais conhecidas marcas de pastelaria e padaria do mundo veio para Lisboa em agosto de 2011 pelas mãos de Laurent d’Orey, dono da cadeia de floristas Monceau Fleurs, e do francês Julien Letartre, sócio de d’Orey no negócio. Entretanto, Julien saiu da sociedade em julho de 2014, tendo Laurent ficado a gerir o negócio.

Além da loja de rua, nas Amoreiras, a empresa anunciou no ano passado ter fechado um acordo de exploração das cafetarias das maiores lojas da Fnac: Almada, Chiado e Colombo já contam com cafetarias Eric Kayser. A loja do Cascais Shopping deverá abrir este ano com o conceito. Além delas, a Eric Kayser tem mais duas lojas: um balcão no El Corte Inglès, em Lisboa, uma loja com esplanada no SuperCor do Parque das Nações, outra no Cascais Shopping e outra loja no Fórum Almada.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: JOAO RELVAS / LUSA

Desemprego registado volta a crescer em agosto, supera 409 mil inscrições

Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

AL perdeu quase 3000 casas em Lisboa e Porto. Oferta para arrendar cresce

Manuel Heitor, ministro do Ensino Superior.
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Alunos vão pagar até 285 euros para ficar em hotéis e alojamento local

Eric Kayser abre Salad Bar