startups

Ex-Microsoft Ventures continua “entusiasmada” com Unbabel

startups

A ex-Microsoft Ventures diz que Lisboa tem um "bom" ecossistema de empreendedores. Depois do investimento na Unbabel "entusiasmo" com startup continua

Em janeiro, a Unbabel, startup portuguesa que criou uma solução tecnológica que “casa” inteligência artificial com pós-edição humana à tradução automática, fechou uma ronda de investimento no valor de 23 milhões de dólares. Um dos investidores nessa ronda foi a Microsoft Ventures, atualmente denominada de M12 Ventures.

Adam Coccari, Senior Manager da M12 Ventures, está em Lisboa para o evento de comemoração do quinto aniversário da Unbabel. Sublinhou ao Dinheiro Vivo que a capital portuguesa “tem um bom ecossistema” de empreendedorismo, entreabrindo a porta a que a capital de risco, no futuro, possa olhar para outras empresas portuguesas. Para já, a Unbabel é a única portuguesa no portfólio da capital de risco que tem escritórios nos EUA, Israel e Reino Unido e cuja maioria dos investimentos são realizados na Bay Area, São Francisco, Seattle.

O responsável da M12 Ventures trabalha de perto com a Unbabel e não tem dúvidas ao dizer que há três motivos pelos quais está muito “entusiasmado” com a startup. Em primeiro lugar “o feedback que obtemos dos clientes, e vemos no mercado, é maravilhoso. Em segundo as pessoas, os fundadores, são inteligentes, entendem o negócio e estão motivados. Qualquer startup, geralmente é sobre as pessoas. Em terceiro lugar, o mercado é muito grande. O mundo está a aproximar-se e vamos todos comunicar de forma digital. Sermos capazes de fazer isso de forma fluente vai ser muito importante”, explicou.

O braço do capital de risco da gigante tecnológica norte-americana apenas investe em empresas que tenham um modelo de negócio B2B “porque queremos garantir que vamos ser capazes de as ajudar e ajuda-las a crescer”.

As startups que são investidas pela M12 podem beneficiar da rede contactos da Microsoft se assim o entenderem. “Se a empresa estiver a crescer por si só e não quiser ter uma integração de produto com a Microsoft estamos felizes por apoiar isso. A Unbabel é um bom exemplo. Desde o investimento temos trabalhado muito próximos, têm estado a construir integrações com os nossos produtos e é isso que adoramos ver”, acrescenta.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Dos blueprints  dos primeiros automóveis, ao topo dos carros elétricos atuais, de elon Musk, em homenagem, a Nikolas Tesla.
Ilustração: VITOR HIGGS

Automóvel. Em 20 anos do euro mudou tudo, menos a carga fiscal e o líder

João Vieira Lopes, presidente da Confederação do Comércio e Serviços.
(Jorge Amaral/Global Imagens)

Vieira Lopes: “Metas do governo são realistas mas é preciso investimento”

A EDP, liderada por António Mexia, vai pagar o maior cheque de dividendos da bolsa nacional.

PSI20. Menos lucros mas o mesmo prémio aos acionistas

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Ex-Microsoft Ventures continua “entusiasmada” com Unbabel