empreendedorismo social

Ex-secretária de Estado da Indústria no Fundo para a Inovação Social

Ana Teresa Lehmann, presidente do comité de investimento de Fundo Para a Inovação Social.
Ana Teresa Lehmann, presidente do comité de investimento de Fundo Para a Inovação Social.

Ana Teresa Lehmann vai liderar comité de investimentos e terá orçamento de 55 milhões de euros para apoiar projetos de impacto na sociedade.

Ana Teresa Lehmann vai liderar o comité de investimentos do Fundo para a Inovação Social. Esta foi a escolha da ministra da Presidência, Maria Manuel Leitão Marques, para gerir este fundo, que conta com um orçamento de 55 milhões de euros e que irá apoiar projetos de impacto na sociedade.

A ex-secretária de Estado da Indústria vai ser apoiada no comité de investimentos por Filipe Santos, professor catedrático de empreendedorismo social da Católica Lisbon Business & Economics, e ainda Sofia Santos, coordenadora do curso para executivos de Gestão Sustentável da Porto Business School, de acordo com o despacho publicado na quarta-feira em Diário da República.

O comité de investimentos vai trabalhar em conjunto com um conselho geral, que vai definir as prioridade do Fundo para a Inovação Social. Este conselho geral vai ser liderado por Susana Ramos, coordenadora da unidade nacional dos mecanismos financeiros do Espaço Económico Europeu e da Noruega.

Leia mais: Empreendedorismo Social. Tornar o mundo num lugar melhor de forma rentável

O Fundo para a Inovação Social é um instrumento financeiro integrado na iniciativa Portugal Inovação Social, o primeiro do género criado com verbas do Fundo Social Europeu (que tem um total de 150 milhões de euros para gastar).

Este fundo terá duas vertentes, de crédito e de capital. O crédito será utilizado através da prestação de garantias. O capital será destinado a coinvestimento com financiadores privados no capital de startups que desenvolvam produtos ou serviços de impacto social.

A ministra da Presidência explicou o funcionamento deste fundo ao Dinheiro Vivo durante a Web Summit de 2018.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Centeno mantém crescimento de 1,9% este ano. Acelera para 2% no próximo

O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: José Sena Goulão/Lusa

Dívida pública desce mais devagar do que o previsto

Outros conteúdos GMG
Ex-secretária de Estado da Indústria no Fundo para a Inovação Social