dicas

Fazedores. 30 conselhos para gerir o seu negócio

O Dinheiro Vivo pediu a 30 fazedores que partilhassem a sua regra de ouro da gestão. (Imagem: Patrícia Furtado)
O Dinheiro Vivo pediu a 30 fazedores que partilhassem a sua regra de ouro da gestão. (Imagem: Patrícia Furtado)

Ao longo dos últimos quatro anos, o Dinheiro Vivo deu a conhecer mais de 500 negócios e contou as histórias dos seus fazedores.

Faz pausas. Susana Esteves Pinto, fundadora do The Destination, diz que um dos segredos para manter o foco é parar. “Quando te sentes assoberbada e parece que tudo começa a escorregar, para, intervala, para regressares de cabeça fresca”, aconselha.

Susana é uma fazedora. Uma das mais de 100 que o Dinheiro Vivo entrevistou no último ano. Em 2009 criou a Simplesmente Branco, uma startup dedicada a divulgação de marcas e parceiros ligados ao negócio dos casamentos. Há pouco mais de um ano, e com uma sócia – a ex-jornalista Marta Ramos – decidiu investir 8000 euros e criar The Destination, uma plataforma para quem oferece e para quem procura fornecedores nacionais para casar em Portugal e que apresenta o país como destino ideal para casar, desta vez direcionado para o mercado estrangeiro. “Juntamos, na nossa casa, os fornecedores e os leitores, e apresentamos Portugal como destino, falamos sobre as diversas regiões e informamos sobre o que cada fornecedor oferece”, explica a designer de 40 anos.

O poster completo das 30 Regras de Ouro da Gestão dos fazedores do ano.

O poster completo das 30 Regras de Ouro da Gestão dos fazedores do ano.

Manter o olhar no objetivo é uma das prioridades de Nuno Folhadela da Bica Studios. “Sê ágil sem perder o foco”, diz Dinheiro Vivo. Apesar de, muitas vezes, o caminho ser tortuoso, os fazedores não desistem. Resiliência, resistência, quase teimosia são fatores decisivos na hora de optar por parar o seguir em frente. “Aprende que vais, invariavelmente, falhar nalgum momento. Arrisca e experimenta sem medo”, diz Sofia Simões de Almeida, da antiga Pharmassistant, agora Line Health.

Ser o fã número um do produto que se vende e ser assertivo em relação a essa característica é também outra das regras. Bruno Nascimento, da Barba Brada, defende que o processo passa por um caminho do próprio fazedor. “Nunca construas nada que tu próprio não usasses e defendesses”, explica. Já Nuno Brito Jorge, da Boa Energia, tem outro conselho: “Experimenta sempre antes de comprar”.

A propósito da comemoração do 4º aniversário, o Dinheiro Vivo desafiou os fazedores que deu a conhecer durante o último ano a partilharem a sua regra de ouro da gestão do respetivos negócios. O resultado é um novo poster que reúne as 30 Regras de Ouro da Gestão (pode fazer o download em cima da imagem), uma espécie de manifesto de boas práticas para começar e fazer crescer o seu negócio.

Ao longo dos últimos quatro anos, o Dinheiro Vivo deu a conhecer mais de 500 novos negócios e contou a história de cada um deles, a partir de quem os criou. Se conhece gente que pensa e faz, escreva-nos. Se está à procura de inspiração, continue a acompanhar as histórias deles. Vai ver que um dia, contaremos a sua. Palavra de fazedores.

Fazedores de 2012:


fazedores2014

Fazedores de 2013:

fazedores2013

Fazedores de 2014:

fazedores2012

 

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia:  Rodrigo Cabrita / Global Imagens

DECO. Quanto poupa no supermercado no seu distrito?

Pedro Nuno Santos, Mário Centeno e António Costa. Fotografia: MÁRIO CRUZ/LUSA

Centeno: crescimento acelera até 3% ou mais no 2º trimestre

Fotografia: Alvaro Isidoro/Global Imagens

NB: Venda do ‘Novo Banco Asia’ pode trazer encaixe de 183 milhões de euros

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Fazedores. 30 conselhos para gerir o seu negócio