Fidelidade

Fidelidade e Fosun criam acelerador de startups. Candidaturas arrancam hoje

Protechting tem candidaturas abertas até 15 de dezembro.

Fidelidade e Fosun anunciaram a criação de um programa de aceleração de startups para promover a cultura de inovação, criatividade e empreendedorismo.

Lançado em parceria com a Beta-i, o programa Protechting está à procura de ideias ou negócios que se dediquem às áreas de proteção/prevenção, serviços/assistência, saúde e poupança, selecionando na primeira fase de candidaturas 25 ideias e negócios que participarão no Bootcamp, a primeira semana de capacitação entre 15 e 19 de fevereiro. Dos critérios de seleção nesta primeira fase fazem parte itens como a equipa, potencial de mercado, escalabilidade e inovação no sector correspondente.

No final dessa semana, das 25 ficarão apenas 15, que vão integrar o programa de aceleração de dois meses (22 de fevereiro a 15 de abril), em Lisboa, sendo, no final do último dia, anunciados os três finalistas do programa após uma ronda de pitch. Nesta fase, as equipas terão a possibilidade de contactar com clientes, parceiros, mentores e investidores, de maneira a poderem validar a sua ideia e modelo de negócio.

“Acreditamos que o empreendedorismo traz um valor acrescentado para as sociedades do futuro e naturalmente que as grandes empresas terão de dinamizar este ecossistema, promovendo a criação de novas ideias e soluções“, referiu Jorge Magalhães Correia, presidente da Fidelidade.

Os três projetos finalistas serão premiados com um roadshow na China, acesso a alguns dos maiores investidores mundiais – Fosun Venture Capital, que já investiu mais de 200 milhões de euros em novos negócios, incluído – e, ao melhor projeto será atribuído um prémio no valor de 10 mil euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
REUTERS/Pedro Nunes/File Photo

Não são só mais vendas, preço das casas subiu 10,3% em 2018

Fotografia: Gustavo Bom/Global Imagens

Fisco mostra-lhe o destino dos seus impostos

Mario Draghi, presidente do BCE e Carlos Costa, governador do BdP
(Gerardo Santos / Global Imagens)

Carlos Costa contraria Centeno. Portugal continua sem convergir com a UE

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Fidelidade e Fosun criam acelerador de startups. Candidaturas arrancam hoje