Forbes põe Talkdesk na rota do próximo unicórnio português

Atualmente sedeada em São Francisco, nos Estados Unidos, esta startup conta atualmente com 1 200 clientes, entre os quais a Dropbox, Shopify e Box

A Talkdesk poderá ser a startup unicórnio em Portugal. A empresa atualmente liderada por Tiago Paiva integra a lista "Next Billion-Dollar Startups", elaborada pela revista norte-americana Forbes e que foi tornada pública esta quarta-feira. Isto quer dizer que a empresa portuguesa dedicada ao desenvolvimento e venda de software para call centers poderá ser avaliada em breve em mil milhões de dólares (908,8 milhões de euros).

Integrada numa lista de 25 startups, a Talkdesk, atualmente sedeada em São Francisco, nos Estados Unidos, conta atualmente com 1 200 clientes, entre os quais a Dropbox, Shopify e Box. Num vídeo publicado no portal da revista norte-americana, Tiago Paiva recorda os momentos em que a startup chegou a estar sem dinheiro no banco e que teve mesmo de cortar salários.

Esta não é a primeira vez que Tiago Paiva integra uma lista da Forbes. O co-fundador da Talkdesk foi incluído, no ranking "30 Under 30", que distingue jovens que têm vindo a destacar-se nas mais diversas áreas, no mundo inteiro. Em conjunto com a outra cofundadora da Talkdesk, Cristina Fonseca, foram destacados pelo empreendedorismo tecnológico. Cristina Fonseca decidiu, em fevereiro, abandonar as funções diárias nesta startup, mantendo-se como sócia.

A Talkdesk já obteve mais de 22 milhões de euros em financiamento - sobretudo em 2015 - e deverá fechar este ano com receitas de 30 milhões de dólares (27,3 milhões de euros).

A Forbes elaborou a lista "Next Billion-Dollars Startups" em conjunto com a sociedade de capital de risco TrueBridge Capital Partners. Foram analisadas mais de 100 startups, que foram reduzidas, posteriormente, a 50. Depois disto foi feita uma análise exaustiva à evolução do negócio e realizaram-se conversas com fundadores, investidores, clientes e adversários.

Também na rota do próximo unicórnio português encontra-se a Feedzai. A startup liderada por Nuno Sebastião pertence à lista deste ano das 50 empresas europeias com maior crescimento, o Tech Tour Growth 50.

A única startup unicórnio portuguesa é, para já, a Farfetch. Em março de 2015, a empresa liderada por José Neves foi avaliada em mais de mil milhões de dólares após uma ronda de financiamento.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de