fazedores

Google tem três startups com ADN português em programa de aceleração

Apenas nove startups foram selecionadas para o programa de aceleração da Google, entre 500 candidaturas. (Fotografia cedida pela GoParity)
Apenas nove startups foram selecionadas para o programa de aceleração da Google, entre 500 candidaturas. (Fotografia cedida pela GoParity)

GoParity, YData e StudentFinance foram selecionadas para a quarta edição do programa de crescimento da Google para startups em Madrid.

As startups com ADN português vão voltar a marcar presença no programa de aceleração da Google em Madrid. GoParity, StudentFinance e YData foram três das nove empresas selecionadas entre mais de 500 candidaturas para desenvolver os modelos de negócio nos próximos três meses no campus da plataforma norte-americana na capital espanhola.

Entre fevereiro e abril, as três startups vão ter acesso ao espaço de cowork da Google em Madrid, materiais, workshops, produtos e mesmo às melhores práticas da tecnológica. Haverá ainda tempo para partilhar experiências com antigos ocupantes neste campus, atuais residentes e mentores internacionais. No final deste programa, a Google não fica com qualquer participação no capital das startups.

As três startups foram selecionadas por proporcionarem soluções para áreas como a inovação social, a educação e os dados, segundo publicação feita na rede social Twitter.

A GoParity tem uma plataforma portuguesa de financiamento coletivo (crowdfunding) por empréstimo que apoia projetos que promovam a sustentabilidade e a eficiência energética desde que cumpram os objetivos de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas.

A YData foi selecionada por causa do sistema que cria dados sintéticos utilizáveis e partilháveis.

A StudentFinance desenvolveu o primeiro projeto de partilha de encargos para os estudantes que se formarem na área tecnológica – no mercado internacional, é conhecido pela sigla ISA – e foi fundado por Mariano Kostelec, Miguel Santo Amaro e Marta Palmeiro.

Startups portuguesas aprendem a ser negócios de milhões com a Google

Esta é a segunda vez que Portugal entra nesta iniciativa da Google. Em 2018, foi a vez das startups Barkyn e Unono.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa, Pedro Siza Vieira, ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, e Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.  MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Salários, crédito, moratórias e rendas. O que vai ajudar famílias e empresas

EPA/Enric Fontcuberta

Mais de 100 mil recibos verdes candidataram-se ao apoio à redução da atividade

A ministra da Saúde, Marta Temido.. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

295 mortos e 11 278 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Google tem três startups com ADN português em programa de aceleração