mobilidade

Grupo Renault com fundo de mil milhões para investir em startups

Carlos Ghosn, presidente executivo do grupo Renault-Nissan. Fotografia: REUTERS/Steve Marcus
Carlos Ghosn, presidente executivo do grupo Renault-Nissan. Fotografia: REUTERS/Steve Marcus

Fundo de investimento do grupo franco-japonês vai ter escritórios em cinco cidades mundiais para trabalhar com startups

O grupo Renault-Nissan pretende investir mil milhões de dólares (837,3 milhões de euros) em startups nos próximos cinco anos. Isso será possível por causa de um fundo de investimento criado por este grupo automóvel chamado Alliance Ventures e que pretende trabalhar com as novas empresas na área da mobilidade. O fundo foi apresentado na terça-feira durante a feira de tecnologia CES, em Las Vegas (Estados Unidos).

“Queremos criar uma plataforma para a startup poder falar para três empresas”, referiu Carlos Ghosn, presidente executivo do grupo automóvel franco-japonês. Além da Renault e da Nissan, este fundo também vai contar com a participação da Mitsubishi, adquirida em 2017. Em 2018 serão investidos 200 milhões de euros.

Esta é a fórmula encontrada pela Renault para que possa trabalhar com as startups de forma mais rápida e eficaz. Por isso, este fundo de investimento vai ter escritórios na região de Silicon Valley (Estados Unidos), Paris, Tel Aviv, Tóquio/Yokohama e Pequim.

A aliança automóvel franco-japonesa pretende lançar 12 carros totalmente elétricos nos próximos seis anos, assim como implementar mais tecnologia para condução autónoma.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
JAD

José Augusto Duarte: “Temos de defender a nossa soberania económica”

Foto: REUTERS/Arnd Wiegmann ,

Davos. Portugal parte à conquista da montanha do dinheiro

Preço de casas continuam a baixar

Descida do valor da casa não recupera isenção do IMI

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Grupo Renault com fundo de mil milhões para investir em startups