IEFP

IEFP junta-se ao ISCTE para formar 100 licenciados no desemprego

Formação em TIC é uma das grandes apostas da parceria entre o IEFP e o ISCTE
Formação em TIC é uma das grandes apostas da parceria entre o IEFP e o ISCTE

O IEFP, em conjunto com o ISCTE, vão arrancar no final de setembro com ações de formação em tecnologias de informação e comunicação (TIC). Há 100 vagas para licenciados desempregados, em ações com a duração de 300 horas, o mesmo do que um semestre na univerisidade.

A formação será complementada com estágios profissionais “de pelo menos três meses, onde irão desenvolver atividades em contexto real de trabalho”, indica o comunicado enviado às redações que explica a iniciativa. A Associação Portuguesa para o Desenvolvimento da Comunicações (APDC) irá colaborar na colocação de alguns dos estágios nas áreas de media e das TIC.

Estes estágios deverão arrancar depois das ações de formação, que terminam em janeiro e que vão decorrer nas instalações do ISCTE.

Estas ações terão três componentes, explica Pedro Sebastião ao Dinheiro Vivo. Na área das TIC, os inscritos “terão de saber programar, criar aplicações para smartphones, programar páginas na Internet, trabalhar com bases de dados e usar softwares de gestão”. O empreendedorismo é a segunda componente. Haverá formação na “criação de projetos dentro da mesma empresa e de planos de negócios, além da defesa de ideias”, detalha um dos coordenadores desta parceria. Haverá ainda “formação e cidadania e liderança“, completa Pedro Sebastião.

As inscrições estão disponíveis junto dos centros de emprego do IEFP da delegação regional de Lisboa e Vale do Tejo. Poderão inscrever-se licenciados desempregados quer estejam ou não a receber subsídio de desemprego.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Alberto Souto de Miranda
(Gerardo Santos / Global Imagens)

Governo. “Participar no capital” dos CTT é via “em aberto”

Congresso APDC

“Temos um responsável da regulação que não regula”

Congresso APDC

Governo. Banda larga deve fazer parte do serviço universal

Outros conteúdos GMG
IEFP junta-se ao ISCTE para formar 100 licenciados no desemprego