Espaço

Incubadora espacial portuguesa aceita novas candidaturas

Espaço

O apoio financeiro é 50 mil euros por empresa e o apoio técnico e de negócio é coordenado pelo Instituto Pedro Nunes, em Coimbra.

A ESA BIC Portugal, a incubadora de empresas portuguesas da Agência Espacial Europeia, está a receber novas candidaturas para startups A incubadora, além de aceitar projetos que integrem tecnologia espacial em aplicações terrestres, também passa a admitir startups com novas ideias de produtos e serviços direcionados ao mercado espacial. O apoio financeiro é 50 mil euros por empresa.

A incubadora espacial aceita startups ou equipas que tenham até cinco anos. As candidaturas têm três datas de entrega: 9 de março, 5 de junho e 5 de novembro e podem ser feitas através desta página.

A nível europeu, a ESA tem 18 incubadoras. O programa em Portugal está em funcionamento desde 2014 e desdobra-se por três localizações: em Cascais, na agência DNA Cascais, no Porto, no UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, e em Coimbra, no organismo que adotou o nome do matemático português do século XVI, o Instituto Pedro Nunes, a partir do qual é feita a coordenação portuguesa da ESABIC.

Há 16 startups que já foram apoiadas por este programa de incubação. O Dinheiro Vivo visitou em março de 2017 esta incubadora. Pode recordar esta reportagem através desta página.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

BCP

BCP propõe distribuir 30 milhões em dividendos

Miguel Maya, CEO do Millennium Bcp.
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Lucro do BCP sobe mais de 60% para 300 milhões em 2018

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Incubadora espacial portuguesa aceita novas candidaturas