Espaço

Incubadora espacial portuguesa aceita novas candidaturas

Espaço

O apoio financeiro é 50 mil euros por empresa e o apoio técnico e de negócio é coordenado pelo Instituto Pedro Nunes, em Coimbra.

A ESA BIC Portugal, a incubadora de empresas portuguesas da Agência Espacial Europeia, está a receber novas candidaturas para startups A incubadora, além de aceitar projetos que integrem tecnologia espacial em aplicações terrestres, também passa a admitir startups com novas ideias de produtos e serviços direcionados ao mercado espacial. O apoio financeiro é 50 mil euros por empresa.

A incubadora espacial aceita startups ou equipas que tenham até cinco anos. As candidaturas têm três datas de entrega: 9 de março, 5 de junho e 5 de novembro e podem ser feitas através desta página.

A nível europeu, a ESA tem 18 incubadoras. O programa em Portugal está em funcionamento desde 2014 e desdobra-se por três localizações: em Cascais, na agência DNA Cascais, no Porto, no UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, e em Coimbra, no organismo que adotou o nome do matemático português do século XVI, o Instituto Pedro Nunes, a partir do qual é feita a coordenação portuguesa da ESABIC.

Há 16 startups que já foram apoiadas por este programa de incubação. O Dinheiro Vivo visitou em março de 2017 esta incubadora. Pode recordar esta reportagem através desta página.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Teste - Redação DV

Liberdade e sustentabilidade dos media, com ou sem apoio do governo?

Regime dos residentes não habituais garante isenção de IRS a quem recebe pensões do estrangeiro.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Primeiros 18 residentes não habituais prestes a perder benefício

Salvador de Mello, CEO do grupo CUF (Artur Machado/Global Imagens)

CUF vai formar alunos médicos de universidade pública

Outros conteúdos GMG
Incubadora espacial portuguesa aceita novas candidaturas