fazedores

Indie Campers quer contratar 100 pessoas em 2019

Hugo Oliveira, fundador e CEO da Indie Campers. Fotografia: Leonardo Negrão/Global Imagens
Hugo Oliveira, fundador e CEO da Indie Campers. Fotografia: Leonardo Negrão/Global Imagens

A startup que tem uma solução de aluguer de autocaravanas pretende expandir o número de colaboradores e pretende recrutar 100 pessoas em 2019.

A Indie Campers, startup portuguesa fundada em 2013 e que tem um serviço de aluguer de autocaravanas, quer expandir a sua força de trabalho e prevê contratar uma centena de pessoas no próximo ano.

“As candidaturas decorrem entre dezembro e março e processam-se online através do site https://indiecampers.com/pt/carreiras. A primeira triagem é feita pela equipa de recursos humanos, com base nos currículos dos candidatos, e a segunda através de entrevistas telefónicas. Os candidatos que passarem à terceira fase terão uma entrevista presencial ou por skype com os responsáveis de cada departamento e por fim, a entrevista final, será presencial, com o CEO da empresa, Hugo Oliveira”, pode ler-se no comunicado.

Os lugares em aberto são para várias áreas, desde business development a customer success, passando por operações, finanças, marketing e IT. “A Indie Campers irá recrutar candidatos especializados em engenharia informática, IT, marketing/ marketing digital, customer success (customer excellence specialists e bookings specialists) e para as novas localizações, trabalhadores operacionais como location specialists, country managers e client assistants”.

Cristina Silva, especialista de recursos humanos da startup, defende em comunicado que o próximo ano vai “ser um grande ano para nós”. “Vamos duplicar o número de colaboradores e receber uma nova diretora de Recursos Humanos. A Indie Campers está a crescer em todos os mercados e as nossas ações de recrutamento não vão parar por aqui”.

A menos de um mês do final do ano, a empresa acredita que vai terminar 2018 com cerca de mil autocaravanas e um volume de negócios agregado de dez milhões de euros. Nas últimas semanas, a startup abriu dez novas rotas: Nantes (França), Berlim e Hamburgo (Alemanha), Zagreb (Croácia), Manchester e Liverpool (Inglaterra), Edimburgo e Glasgow (Escócia), Dublin (Irlanda) e Reiquiavique (Islândia) – e a possibilidade dos clientes puderem viajar com animais de estimação.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Miguel Pina Martins, CEO da Science4you.

(Nuno Pinto Fernandes/Global Imagens)

Science4you quer alargar prazo da oferta pública até fevereiro

Fotografia: DR

Trabalhadores dos impostos avançam para a greve

(Carlos Santos/Global Imagens)

Porto de Setúbal: Acordo garante fim da greve às horas extraordinárias

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Indie Campers quer contratar 100 pessoas em 2019