Aceleração

Infraspeak entra no Reino Unido a acelerar manutenção de centros comerciais

Luís Martins e Felipe Ávila da Costa fundaram a Infraspeak em 2015. Atualmente, esta startup está sedeada na Founders Founders, no Porto.
Luís Martins e Felipe Ávila da Costa fundaram a Infraspeak em 2015. Atualmente, esta startup está sedeada na Founders Founders, no Porto.

O Reino Unido é o mais recente mercado da Infraspeak, startup que desenvolve uma plataforma de gestão de manutenção. A empresa liderada por Felipe Ávila da Costa entrou no programa de aceleração Intu Accelerate para tratar da manutenção de 17 edifícios e milhares de equipamentos desta empresa britânica.

“Ver a Infraspeak em utilização no mercado britânico, e conhecer mais profundamente como é a rotina das operações no Reino Unido, é uma excelente oportunidade para aprimorar a nossa plataforma e um passo importante para crescer em mais mercados”, adianta Felipe Ávila da Costa em nota enviada às redações esta terça-feira.

O programa de aceleração Intu Accelerate decorre durante 10 semanas e conta com a participação de mais seis startups, que desenvolvem tecnologias para gestão de operações, robôs para auxiliarem os clientes e aplicações que cruzam a experiência de compra online e offline.

Fundada em 2015 por Felipe Ávila da Costa e Luís Martins, a startup sedeada no Porto com mais de 75 clientes em Portugal, Espanha, Reino Unido, Brasil e Angola e financiamento total de 250 mil dólares (212 mil euros), segundo a base de dados Crunchbase.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

Governo ganha 128 milhões de euros em receita com aumentos da função pública

Autoridade para as Condições do Trabalho

Inspetores do Estado contra “140 anos para chegar ao topo da carreira”

António Mexia, presidente executivo da EDP. Fotografia: REUTERS/Pedro Nunes

Chineses da EDP não abdicam de desblindar estatutos. OPA quase morta

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Infraspeak entra no Reino Unido a acelerar manutenção de centros comerciais