fintech

Investimento em fintech cresce 67% no primeiro trimestre

Fotografia: D.R.
Fotografia: D.R.

Menos de um quarto do investimento feitos nestas startups pertence aos bancos

O investimento em fintech, as startups financeiras, cresceu 67% para os 5,3 mil milhões de dólares (4,68 mil milhões de euros) no primeiro trimestre de 2016 em comparação com o mesmo período do ano passado, anunciou na quarta-feira a consultora Accenture.

“A aposta na inovação das fintech está a espalhar-se muito além dos centros tradicionais de tecnologia”, assinala Richard Lumb, responsável pela área financeira da consultora. “A chamada ‘quarta revolução industrial’ é um fenómeno global que traz nova inovação e empresas digitais que competem e colaboram com as empresas financeiras tradicionais. Os clientes dos bancos podem beneficiar com isso”, acrescenta.

Revolução financeira. Fintech obrigam bancos a ir atrás dos clientes

As fintech que apostam em parcerias com os bancos tradicionais estão a ganhar terreno e representaram 44% do investimento feito em 2015, em comparação com os 38% registados em 2010, assinala o estudo.

Os bancos tradicionais, ainda assim, só representaram 22% do investimento global em fintech em 2015. “Os bancos que se destacarem na avaliação e aprovação das fintech poderão ultrapassar a concorrência, proporcionando inovações que os consumidores esperam cada vez mais da parte de gigantes do retalho e da tecnologia”, prevê Julian Skan, diretor-geral dos serviços financeiros da Accenture.

Em 2015, o investimento em fintech ultrapassou os 22 mil milhões de dólares, um crescimento de 75% face ao ano anterior.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (D), e o presidente da Câmara Municipal de Loures, Bernardino Soares (E), participam na conferência de imprensa no final de uma reunião, em Loures. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Costa: “Há países que foram colocados em listas vermelhas por retaliação”

João Rendeiro, ex-gestor do BPP

João Rendeiro, ex-presidente do BPP, condenado a pena de prisão

António Costa Silva
JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Costa Silva defende retoma da alta velocidade e novo aeroporto

Investimento em fintech cresce 67% no primeiro trimestre