Start Tel Aviv

Israel procura a melhor ideia portuguesa com missão social

Festival DLD Innovation é considerado o maior evento de Israel dedicado à inovação e empreendedorismo e rea.iza-se na cidade de Tel Aviv. Fotografia: REUTERS/Amir Cohen
Festival DLD Innovation é considerado o maior evento de Israel dedicado à inovação e empreendedorismo e rea.iza-se na cidade de Tel Aviv. Fotografia: REUTERS/Amir Cohen

Startups devem promover empreendedorismo social ou urbano e/ou aposto em inovação ambiental, através do recurso a soluções tecnológicas

Portugal vai participar pela segunda vez no Start Tel Aviv, competição organizada pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros de Israel e que em 2017 está à procura das melhores ideias na área do empreendedorismo social. A melhor ideia vinda de cada um dos 20 países participantes estará representada no festival DLD Tel Aviv Innovation, entre 3 e 7 de setembro.

“O empreendedorismo social é uma das grandes tendências da atualidade e está a crescer globalmente. Esperamos que este processo continue no futuro. Muitos empreendedores estão interessados nos benefícios económicos, mas, ao mesmo tempo, estão a tentar conjugar isso com benefícios sociais e morais”, assinala o conselho da Embaixada de Israel em Portugal, Raslan Abu Rukum, em declarações ao Dinheiro Vivo.

Para poder concorrer ao Start Tel Aviv, as startups devem promover empreendedorismo social ou urbano e/ou apostar em inovação ambiental, através do recurso a soluções tecnológicas mobile e ligadas à Internet das Coisas (IoT). As startups candidatas devem ter recebido apenas um investimento (pre seed) ou então ter um modelo de negócio devidamente estabelecido. Os fundadores devem ter entre 25 e 37 anos. As candidaturas podem ser feitas até 20 de julho através desta página.

Portugal será um dos 20 países convidado para o festival DLD Tel Aviv Innovation. “O ecossistema de Israel, sobretudo em Tel Aviv, é muito forte. É considerado um dos melhores locais do mundo para fundar uma startup“, lembra o conselheiro da embaixada.

O país do Médio Oriente pretende reforçar os laços económicos com Portugal, que apresenta um “ecossistema empreendedor e inovador que está a desenvolver-se a tornar-se vibrante em Lisboa, Porto e outras cidades, pelo que melhorar as ligações entre os dois países será uma atitude inteligente”, no entender de Raslan Abu Rukum.

Com foco na inovação das cidades, o festival DLD é considerado o maior evento de empreendedorismo de Israel e vai contar com mais de 10 mil participantes, entre empreendedores e investidores.

Em 2016, Portugal esteve representado pela primeira vez no festival israelita com a Coolfarm, que desenvolveu um software que possibilita que as plantas cresçam sem que o utilizador tenha de intervir ou utilizar terra. Com o recurso à técnica da hidroponia, o sistema da Coolfarm utiliza apenas água.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Foto: DR

Telecomunicações: Há sete anos que preços sobem mais do que na UE

Fotografia: RODRIGO ANTUNES/LUSA

Acordo à vista para alargamento das 35 horas a 30 mil trabalhadores

31145227_GI240418JF040_WEB

Ryanair tem até 30 de junho para travar greve europeia

Outros conteúdos GMG
Israel procura a melhor ideia portuguesa com missão social