Inovação

João Ricardo Moreira: “Inovar é acrescentar valor”

João Ricardo Moreira
João Ricardo Moreira

Inovar é redenhar a maneira como se fazem as coisas, acrescentando valor. A convicção é de João Ricardo Moreira, administrador da NOS Comunicações.

Na cerimónia de entrega do Prémio Inovação NOS, que distinguiram a inovação nas categorias de Grandes Empresas, PME e Startup, João Ricardo Moreira destacou a representatividade das candidaturas apresentadas e desmistificou a ideia de que só as empresas tecnológicas inovam. “Recebemos candidaturas de todo o tipo de empresas, de todo o país. Mas o que me surpreendeu foi a qualidade. (…) Os processos de inovação estão presentes em todas as empresas. Podem estar relacionadas com a forma como se gere a ideia, a tecnologia ou a forma como trata os clientes podem ser processos de inovação”, esclarece.

Leia mais: Prémio Inovação NOS: Quem pode ganhar?

De acordo com o responsável, a inovação está a mudar a forma como as ideias de negócio são desenhadas e, muitas vezes, chegam a alterar o modo como se aproveitam recursos, redesenhando ou ajudando a reinventar negócios.

Fechada a primeira edição do prémio, João Ricardo Moreira acredita que não há muito mais a desejar para a segunda edição do Prémio Inovação NOS do que reiterar os objetivos definidos para a edição de abertura. “Sublinhar a importância de inovar. Precisamos de inovar para vencer nos mercados e redesenharmos os negócios deste país”, sublinha.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP), Vítor Constâncio, fala perante a II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco, na Assembleia da República. TIAGO PETINGA/LUSA

Constâncio: Risco para a estabilidade no crédito a Berardo era “problema da CGD”

Outros conteúdos GMG
João Ricardo Moreira: “Inovar é acrescentar valor”