Line Health financia-se em cerca de um milhão de euros

Antiga Pharmassistant prepara-se também para passar para um novo escritório em Lisboa e está a contratar

A Line Health arrancou esta semana com um milhão de dólares (896 mil euros) em financiamento. A startup portuguesa que quer acabar com os erros de medicação conseguiu obter este montante junto de investidores norte-americanos. A Line Health prepara-se também para passar para um novo escritório em Lisboa e está a contratar.

"Tivemos a preocupação de selecionar os investidores certos, de forma a poderem contribuir para o desenvolvimento da empresa no futuro imediato e a longo prazo", indica Diogo Ortega, um dos fundadores da Line Health.

A seguradora Blue Cross Blue Shield e o grupo hospitalar Baptist Health foram os dois principais participantes nesta operação e vão ser parceiros da Line Health "com o objetivo de melhorar os indicadores de saúde no estado do Arkansas, nos EUA - um dos estados mais doentes do país". Os primeiros testes estão agendados para janeiro de 2017.

360imprimir recebe investimento de 3 milhões em série A

Fundada em 2014 com o nome Pharmassistant, a Line Health está a desenvolver e testar um dispensador inteligente para ajudar a tomar os medicamentos à hora certo. O utilizador apenas tem de pressionar um botão, Não há configurações iniciais.

A longo prazo, esta startup quer monitorizar à distância os doentes que vivam em zonas remotas do país. A prioridade da Line Health nesta ronda de financiamento foi "ter investidores parceiros estratégicos que conhecem o mercado e que, mais do que validar a nossa visão, vão ser essenciais para nos apoiar na concretização da mesma no futuro".

Equipa a crescer

Esta operação vai também permitir o crescimento da equipa da Line Health em Lisboa e em Boston, que conta atualmente com seis membros. "Temos como objetivo duplicar a equipa de Lisboa até ao final do ano", refere Diogo Ortega. Já há vagas neste momento para as áreas de design, engenharia de software, engenharia e operações.

A Line Health quer contratar 10 pessoas. As candidaturas podem ser feitas a partir deste portal.

Diogo Ortega assinala ainda que a Line Health vai abrir um novo escritório em Lisboa, na zona de Entrecampos, e destaca o talento nacional. "O talento que temos em Portugal está ao nível dos EUA ou Reino Unido, e acreditamos que o ecossistema de startups no nosso país está a atravessar um ótimo momento."

Santa Casa desafia startups para inovação social digital

Com esta operação, a Line Health passa a contar com um total de 1,15 milhões de dólares em investimento, segundo os dados da base de dados Crunchbase.

A Line Health esteve na secção de Fazedores do Dinheiro Vivo em janeiro de 2015. Recorde aqui o nosso artigo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de