Atomico

Lisboa entre as cidades mais atrativas para fundar startups

Hub Criativo do Beato será um dos maiores hubs de incubação de startups da Europa. Fotografia: Filipa Bernardo/ Global Imagens
Hub Criativo do Beato será um dos maiores hubs de incubação de startups da Europa. Fotografia: Filipa Bernardo/ Global Imagens

Londres é a cidade mais atrativa da Europa para fundar uma startup

Lisboa é uma das cidades preferidas na Europa para abrir uma startup. A capital portuguesa surge no oitavo lugar da lista elaborada pela sociedade de capital de risco Atomico – que investiu em 2015 na Uniplaces – no relatório “State of European Tech”, apresentado esta quinta-feira no evento tecnológico Slush, em Helsínquia, Finlândia.

“Esta cidade consegue equilibrar a oportunidade profissional e a qualidade de vida. Quando esses dois elementos se encontram e combinam-se, há um efeito magnético incrível para as pessoas talentosas, que veem Lisboa agora como viam capitais tecnológicas como Berlim há três ou cinco anos”, assinala o autor do estudo, Tom Wehmeier, em respostas por escrito ao Dinheiro Vivo.

A capital portuguesa perdeu três lugares em comparação com o ranking de 2016. Lisboa deixou-se ultrapassar por cidades como Dublin e Estocolmo, mas ainda está à frente de Munique e Milão. A lista é liderada por Londres, que ultrapassou Berlim.

21% dos fundadores de startups escolhe a Europa para criar o seu negócio fora do seu país de origem. O acesso ao talento, a facilidade e custo de fazer negócio e o acesso a financiamento são os três fatores que mais influenciam a escolha do continente europeu para criar um negócio.

A Atomico elaborou pela terceira vez o estudo “State of European Tech”, recorrendo a uma amostra de 3500 membros da comunidade tecnológica na Europa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
António Costa Silva partex

Costa Silva. Um astronauta ao contrário para remexer a fundo no país?

TIAGO PETINGA/LUSA

António Mexia recusou responder ao juiz Carlos Alexandre no caso EDP

Pedro Siza Vieira, ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital,. Foografia: Manuel de Almeida / LUSA

Siza Vieira. Há 46 mil empresas com pedidos de lay-off renovados

Lisboa entre as cidades mais atrativas para fundar startups