concurso

Live Electric Tours vai representar Portugal na “Eurovisão das Startups”

Fotografia: DR
Fotografia: DR

A startup vai agora concorrer em Bruxelas, na categoria Turismo.

Depois de ter vencido a ronda nacional, no passado dia 12 de janeiro, em Lisboa, a Live Electric Tours rumará agora a Bruxelas para a final do Startup Europe Awards, o evento de inovação e empreendedorismo, considerado a “Eurovisão das Startups”, organizado pela Comissão Europeia e pela Fundação Finnova, com o apoio da presidência do Parlamento Europeu.

Fundada em 2017, por Djalmo Gomes e Luís Lucas, a Live Electric Tours oferece tours turísticos em viaturas elétricas, conduzidas pelo próprio utilizador, com acesso à internet e com uma live camara, para comunicar diretamente com familiares e amigos. A empresa, que participou no programa de aceleração da Vodafone Powerlab, recebeu já diversas distinções, tais como o primeiro prémio do programa Tourism Explorers e o terceiro lugar do FABTUR.

A seleção dos participantes portugueses no Startup Europe Awards ficou a cargo da Fábrica de Startups. O evento final nacional contou com a apresentação de 11 empresas, que tiveram de realizar um pitch de cinco minutos, em inglês, frente a um painel de jurados. A iniciativa contou com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, através do programa Lisboa Empreende, um dos projetos vencedores do Startup Europe Awards no ano passado, na categoria de “Best Public Administration for startups”.

O evento final terá agora lugar na capital belga, em data ainda a definir. A concurso estarão startups de 18 países, que concorrerão em 18 categorias. A Live Electric Tours participará na categoria de Turismo e será a única representante portuguesa. Os vencedores terão acesso a programas de mentoria, fundos de investimento europeu e apoio na comunicação. Haverá ainda prémios para o melhor media partner (estando 20 órgãos de comunicação europeus a concurso) e a melhor administração pública para startups.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ministro das Finanças, Mário Centeno, na apresentação do Orçamento do Estado para 2019. 16 de outubro de 2018. REUTERS/Rafael Marchante

Bruxelas envia carta a Centeno a pedir o triplo do esforço orçamental

lisboa-pixabay-335208_960_720-754456de1d29a84aecbd094317d7633af4e579d5

Estrangeiros compraram mais de mil imóveis por mais de meio milhão de euros

João Galamba (secretário de estado da energia) , João Pedro Matos Fernandes (Ministro para transição energética) e António Mexia  (EDP) durante a cerimonia de assinatura de financiamento por parte do Banco Europeu de Investimento (BEI) da Windfloat Atlantic. Um projecto de aproveitamento do movimento eólico no mar ao largo de Viana do Castelo.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Mexia diz que EDP volta a pagar a CESE se governo “cumprir a sua palavra”

Outros conteúdos GMG
Live Electric Tours vai representar Portugal na “Eurovisão das Startups”