Inovação

Lopes da Costa: “A inovação é um processo evolutivo”

Manuel Lopes da Costa
Manuel Lopes da Costa

Manuel Lopes da Costa, Advisory Leader Partner da PwC, acredita que só com um apoio regular às empresas, muitas das inovações pensadas e criadas em Portugal poderão ver a luz do dia.

Esta tarde, na entrega do Prémio Inovação NOS, o responsável sublinhou que a visibilidade das inovações feitas nas empresas portuguesas é essencial para dar a conhecer muito do que se faz em Portugal e assegurou a importância de fazer dessas inovações, negócio.

Para isso, Manuel Lopes da Costa assinalou a importância das faculdades de engenharia no acompanhamento desses processos.

“É importante perceber que este mundo evolui e que é fundamental mantermo-nos a par destas evoluções. É preciso definirmos onde é preciso legislar mediante aquilo que queremos apoiar.

Sobre o trabalho de seleção dos finalistas, Manuel Lopes da Costa referiu que não se tratou de uma tarefa simples. “Houve primeiro que destrinçar o trigo do joio, arranjar indicadores para conseguirmos comparar dimensões e, logo depois, ponderá-los e, com isso, construir informação que permitisse ao juri tomar uma decisão”, disse.

Segundo o responsável, a questão principal da inovação passa por um processo “evolutivo”. “Estamos hoje perante a internet das pessoas mas a nova grande vaga será a internet das coisas. Forçosamente vai levar a uma alteração do nosso comportamento face a uma nova tecnologia, a mais inovação. E isto vai levar a uma panóplia de produtos ou serviços que irão aparecer.”

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
mulher gravida

Não renovação de contratos com grávidas cresce 15%

mulher gravida

Não renovação de contratos com grávidas cresce 15%

Angel Gurria, secretário-geral da OCDE. Fotografia: EPA/Mario Guzmán

OCDE mais pessimista. Sinais vermelhos para a economia

Outros conteúdos GMG
Lopes da Costa: “A inovação é um processo evolutivo”