fazedores

Marca nacional de mobilidade elétrica procura 150 000 euros para crescer

Foto: REUTERS/Simon Dawson
Foto: REUTERS/Simon Dawson

Go Parity lança primeira campanha de investimento de mobilidade elétrica. Com um mínimo de 20 euros, qualquer um pode ajudar emprestar dinheiro à Zeev

É a primeira campanha de investimento de uma empresa de mobilidade elétrica em que qualquer pessoa pode participar. A empresa de comércio de carros elétricos Zeev está à procura de um empréstimo de 150 000 euros para poder expandir o seu modelo de negócio. A operação está a decorrer da plataforma de financiamento colaborativo sustentável portuguesa Go Parity.

“A iniciativa privada na transição para a mobilidade sustentável assume, também, um papel muito importante. A mobilidade elétrica é uma área de investimento muito apetecível e com este projeto permitimos que qualquer cidadão invista no setor sem ter de comprar um carro elétrico”, assinala Nuno Brito Jorge, presidente executivo da Go Parity, citado em nota de imprensa divulgada esta sexta-feira.

O empréstimo à Zeev tem um prazo de seis anos e uma taxa de juro TANB de 4%. Qualquer pessoa pode entrar nesta campanha com um mínimo de 20 euros.

“Para fazer face ao crescimento da atividade e ao projeto de expansão em curso, a Zeev irá reforçar os seus capitais para realizar diversos investimentos, nomeadamente para a aquisição e integração dos sistemas de gestão e apoio ao negócio, com o objetivo de otimizar custos e maximizar o potencial de receita, numa altura em que o mercado cresce anualmente a uma taxa de dois dígitos nos dois setores de atividade onde a Zeev posiciona a sua oferta – mobilidade elétrica e energia renovável”, explica a empresa na página da campanha.

A Zeev foi fundada em 2006 e desde então tem conseguido destaque pela aposta em soluções integradas de energia renovável e mobilidade elétrica.

A Go Parity é a primeira plataforma portuguesa de financiamento coletivo (crowdfunding) por empréstimo que apoia projetos que promovam a sustentabilidade e a eficiência energética. Nascida em 2016, esta startup já ajudou empresas e associações a arrecadar mais de um milhão de euros. As campanhas da Go Parity estão limitadas para as associações ou empresas que cumpram seis dos objetivos de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas.

Para conhecer melhor a Go Parity, pode ler aqui o texto publicado pelo Dinheiro Vivo dia 8 de julho de 2018.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O presidente do Novo Banco, António Ramalho, discursa na cerimónia de lançamento do Projeto de Divulgação Cultural do Novo Banco. Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Banca custou ao Estado mais 1,5 mil milhões de euros em 2019, agora ajude

coronavirus portugal antonio costa

Proibidos ajuntamentos com mais de cinco pessoas. Aeroportos encerrados

O primeiro-ministro, António Costa, fala aos jornalistas no final da reunião do Conselho de Ministros após a Assembleia da República ter aprovado o decreto do Presidente da República que prolonga o estado de emergência até ao final do dia 17 de abril para combater a pandemia da covid-19, no Palácio da Ajuda, em Lisboa, 2 de abril de 2020. 
 MÁRIO CRUZ/POOL/LUSA

Mapa de férias pode ser aprovado e afixado mais tarde do que o habitual

Marca nacional de mobilidade elétrica procura 150 000 euros para crescer