Medina: "Startups são um dos motores de crescimento" de Lisboa

Presidente da Câmara de Lisboa sublinhou casos de sucesso entre os fazedores lisboetas.

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, considerou esta tarde que as startups são um dos três motores fundamentais que sustentam o crescimento da cidade de Lisboa nos últimos anos.

"Estamos num bom momento da cidade de Lisboa, um momento único em muitas décadas que nos permitiu ultrapassar problemas e bloqueios", disse o autarca no discurso de abertura de um almoço de empresários organizado pela Câmara de Comércio e Indústria Luso-espanhola, esta quinta-feira, em Lisboa.

O ecossistema empreendedor e tudo o que gira em seu redor - incubadoras, aceleradoras, universidades e centros de investigação - contribuíram para o crescimento de Lisboa nos últimos anos e para o "momento único" que a cidade vive. "Há em Lisboa algo que não acontece em lado nenhum do país: conjugam-se na cidade as maiores universidades, os maiores centros de investigação e uma situação de cidade aberta, para a qual muito contribuiu o facto de ser a cidade que maior número de estudantes Erasmus acolhe", explicou Fernando Medina.

Além das startups, o presidente da Câmara de Lisboa sublinhou ainda o papel do turismo e dos serviços como os outros dois motores de crescimento da cidade. "O que temos que fazer no desenvolvimento turístico é manter a autenticidade e a harmonia entre os turistas e a população de Lisboa. Lisboa tem que ser uma cidade sustentável ao nível da oferta para lidar com este crescimento turístico (...) e é hoje um pólo de atração de serviços de maior valor acrescentado", disse.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de