Tecnologia

Mercedes procura programadores criativos e tem 30 mil euros em prémios

Responsáveis de desenvolvimento de software, seja para Android ou iOS, ou mesmo startups estão convidados a participar neste desafio

A Mercedes está a apostar no desenvolvimento de soluções de software para a indústria automóvel e está à procura de programadores criativos. A marca alemã do grupo Daimler, que conta com o centro de competências digital em Portugal desde o início de maio, já está a receber inscrições para o “Digital Challenge“. Há um total de 30 mil euros em prémios.

Responsáveis de desenvolvimento de software, seja para Android ou iOS, ou mesmo startups estão convidados a participar neste desafio de construção de mais de 80 interfaces de programação (API), SDK e emuladores de veículos, que serão disponibilizados no momento do registo.

Depois da inscrição, os participantes têm de participar em seminários virtuais e obterem a opinião de especialistas técnicos da Mercedes enquanto constroem o protótipo. A 7 de setembro, os inscritos têm de apresentar o estado do respetivo protótipo. As candidaturas fecham a 28 de setembro e os vencedores serão anunciados a 9 de outubro.

O projeto vencedor vai receber 15 mil euros e a equipa terá direito a duas entradas gratuitas para a Web Summit, onde poderá apresentar a solução ao vivo aos responsáveis da Mercedes. O segundo lugar dá direito a seis mil euros em prémio e a hipótese de continuar a desenvolver o projeto. A equipa que ficar em terceiro lugar obtém um prémio de três mil euros e pode discutir o projeto com a equipa da Mercedes.

Os 20 melhores projetos terão direito a um voucher de 100 euros em serviços da Amazon.

A Mercedes será uma das principais patrocinadoras da Web Summit, onde vai organizar uma maratona de programação.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
7. Aeroporto de Londres Heathrow

Oficial. Portugal fora do corredor turístico do Reino Unido

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Decisão do Reino Unido é “absurda”, “errada” e “desapontante”, diz Santos Silva

O primeiro ministro, António Costa.     MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

António Costa admite despedimentos na TAP com menos rotas e aviões

Mercedes procura programadores criativos e tem 30 mil euros em prémios