Turismo

Messenger dos quartos português junta-se a consórcio dos hotéis

Da esquerda para a direita: Pedro Gonçalves, José Mendonça e Tiago Araújo são os três fundadores da HJiffy.Fotografia: DR
Da esquerda para a direita: Pedro Gonçalves, José Mendonça e Tiago Araújo são os três fundadores da HJiffy.Fotografia: DR

HiJiffy junta-se ao grupo Hotel-up, consórcio que passa a contar com mais de 400 hotéis servidos em 15 países.

A startup portuguesa HiJiffy, que desenvolve uma plataforma de serviço de quartos através do Facebook Messenger, é o novo membro do consórcio nacional que junta startups portuguesas da área da hotelaria. O consórcio Hotel-up, com este reforço, passa a contar com mais de 400 hotéis servidos em 15 países.

“As startups portuguesas ligadas ao turismo têm ganho cada vez mais relevância no cenário tecnológico mundial, pelo que esperamos reforçar ainda mais o nosso posicionamento no mercado através da troca de experiências e das sinergias comerciais associadas ao consórcio Hotel-up”, refere Tiago Araújo, CEO e co-fundador da HiJiffy, citado em nota de imprensa divulgada esta terça-feira.

Com a solução da HiJiffy, os clientes dos hotéis podem, através do Facebook Messenger, ver se têm um quarto disponível e efetuar reservas, marcar serviços do hotel (como o pedido imediato para limpar o quarto) ou mesmo ter sugestões em tempo real para visitar a cidade.

Esta startup portuguesa, com este serviço, acredita que pode aumentar as receitas dos hotéis e facilitar a vida dos hóspedes, que não têm de instalar qualquer aplicação. O chatbot é baseado em inteligência artificial. Inclui ainda tradução automática, conforme o idioma do hóspede.

Lançado em setembro de 2016, o consórcio Hotel-up conta também com as startups B-Guest, Climber Hotel, Infraspeak, TeamOutLoud e VPS, que querem revolucionar o segmento da hotelaria em Portugal.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

1400 empresas já pediram para aderir ao novo lay-off, apoios só a 28 de abril

Algarve, Portugal. Fotografia: D.R.

Algarve lança campanha. “Fiquem em casa para regressarem com mais saudade”

Veículos da GNR durante uma operação stop de sensibilização para o cumprimento do dever geral de isolamento, na Autoestrada A1 nas portagens dos Carvalhos/Grijó no sentido Sul/Norte, Vila Nova de Gaia, 29 de março de 2020. MANUEL FERNANDO ARAÚJO/LUSA

Mais de 80 detidos e 1565 estabelecimentos fechados

Messenger dos quartos português junta-se a consórcio dos hotéis