Miguel Rocha Vieira é novo chef da Fortaleza do Guincho

Chef com o jovem concorrente Filipe Neves
Chef com o jovem concorrente Filipe Neves

Miguel Rocha Vieira anunciava há dias, na sua página de Facebook que esta semana haveria de ter novidades. E aqui está. O chef de 36 anos é o senhor que se segue no <a href="http://www.fortalezadoguinchohotelcascais.com/index_pt.html?lbl=ggl-pt-2&amp;gclid=CIbfiL_PgsYCFUMUwwod_YQALQ" target="_blank">restaurante e hotel Fortaleza do Guincho</a>, em meados de agosto, substituindo o chef Vincent Farges. <a href="http://www.dinheirovivo.pt/Faz/interior.aspx?content_id=4615236" target="_blank"><em><strong>Ler aqui entrevista do chef</strong></em></a>.

Conhecido da maioria dos portugueses por ter sido jurado no programa da TVI, “MasterChef”, Miguel Rocha Vieira é chef do restaurante Costes, em Budapeste, na Hungria, para o qual conquistou, em 2010, uma estrela Michelin, a primeira e única da Hungria.

Ler também: Chef Miguel Vieira: uma estrela Michelin improvável no melhor restaurante da Hungria

Para o restaurante da Hungria, o chef Miguel Rocha Vieira contratou há um ano Filipe Neves, um jovem desempregado de 21 anos, concorrente da 1.ª edição do MasterChef. “Foi melhor do que ganhar o concurso”, dizia então o jovem aspirante a cozinheiro.

2

O chef Miguel Rocha Vieira descreve-se como “um apaixonado pela haute cuisine, ambicioso, trabalhador e sempre disposto a aprender.” Na bagagem da formação profissional tem um diploma em Hotelaria, Restauração e Gestão de Turismo no City of London College, em Londres. E o Grand Diplome em Cozinha e Pastelaria, no Le Cordon Bleu, de Paris.

Em Londres, estagiou no Maison Pic, e, em França, no Relais Chateaux, com 3 Estrelas Michelin. Foi ainda chef de cozinha no Fairplay Golf Hotel & Spa Leading Hotels of the World, em Cádis, Espanha.

O Chef Miguel Vieira iniciou a sua carreira no Lombard Street, em Londres, com uma estrela Michelin. Passou pelo Château de Divonne (uma estrela Michelin), em Divonne les Bains. Mais tarde, como sub chef de cozinha, passaou pela Hacienda Benazuza El Bulli Hotel (2 estrelas Michelin), em Sevilha, sendo este um dos principais marcos do seu percurso.

O chef português assumiu, em 2008, o cargo de chef-executivo do Costes Restaurant, em Budapeste. Desde a sua abertura, este restaurante é considerado uma referência em todo o país. Em março de 2010, recebeu uma estrela Michelin (primeira e uma de duas na Hungria) e em setembro do mesmo ano, recebeu 17 pontos em 20 na edição de 2010 do Gault Millau Áustria.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Alberto Souto de Miranda
(Gerardo Santos / Global Imagens)

Governo. “Participar no capital” dos CTT é via “em aberto”

Congresso APDC

“Temos um responsável da regulação que não regula”

Congresso APDC

Governo. Banda larga deve fazer parte do serviço universal

Outros conteúdos GMG
Miguel Rocha Vieira é novo chef da Fortaleza do Guincho