Miss Can. Conservas ganham prémio Indústrias Criativas

ng4463811

Miss Can, start-up ligada ao sector das conservas, foi o vencedor do prémio nacional de indústrias criativas, promovido pela SuperBock e pela Serralves.

Na sétima edição do prémio foram ainda atribuidas distinções de categoria a Os Italianos (ex-Stallo) e Arumis e uma Menção Especial ao projeto Cross Hands Architecture, pela sua componente humanitária.

Este ano o prémio de 25 mil euros foi atribuído a Miss Can, que concorria na categoria turismo e património, um projeto que “nasceu da vontade de três amigos em recuperar a tradição familiar ligada à indústria conserveira, criando um negócio moderno com a dedicação de outros tempos”, informa nota enviada às redações. As conservas de sardinha, cavala e atum, utilizam um método artesanal (peixe cozido a vapor), mas com embalagens mordenizadas “nos quais se encontra a história desta indústria, curiosidades históricas de acordo com cada tema e sugestões de receitas”.

A Miss Can vai representar Portugal no Creative Business Cup, que se irá realizar a 17 e 18 de novembro em Copenhaga (Dinamarca), de onde irá emergir o melhor empreendedor do setor a nível mundial, entre mais de 50 países participantes.

O júri também escolheu nas distinções de categoria os projetos Os Italianos (que faz o reaproveitamento de garrafas de vidro, criando dois copos a partir de uma única garrafa) e Arumis, “um negócio que visa melhorar a experiência dos espectadores na indústria audiovisual e de entretenimento com a introdução do sentido olfativo”.

Cross Hands Architecture, atelier de arquitetura humanitária que surgiu da união de duas das três amigas vencedoras do concurso internacional Designing Emergency Shelters, apresentado o ano passado em Nova Iorque, na sede das Nações Unidas, recebeu uma menção honrosa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: REUTERS/Brendan McDermid

Principais bancos em Portugal vão continuar a reduzir exposição ao imobiliário

Fotografia: REUTERS/Brendan McDermid

Principais bancos em Portugal vão continuar a reduzir exposição ao imobiliário

SaudiAramco

Petrolífera Aramco consegue maior entrada em bolsa da história

Outros conteúdos GMG
Miss Can. Conservas ganham prémio Indústrias Criativas