My Lads: Boneco de Ronaldo em realidade aumentada com investimento de 7,6 milhões

Startup portuguesa fechou ronda de investimento seed liderada por empresa do Dubai e que também contou com o apoio do piloto António Félix da Costa.

Juntar realidade aumentada a bonecos colecionáveis como Cristiano Ronaldo, João Félix e Bruno Fernandes valeu uma ronda de investimento seed (semente) de 7,6 milhões de euros à My Lads. A startup portuguesa anunciou a injeção de capital esta terça-feira, o que permitiu fechar contratos com Benfica, Sporting, FC Porto e Atlético de Madrid, além da Federação Portuguesa de Futebol.

A primeira ronda de investimento também vai servir para crescer a equipa - atualmente com 16 pessoas, atrair novos clientes internacionais e criar novas experiências em realidade aumentada, refere o comunicado de imprensa.

Até ao final deste ano é esperada a contratação de 30 pessoas. Tecnologia, design, tecnologia e marketing serão as áreas reforçadas.

Também serão desenvolvidos os "NFT's Football Cards", ou seja, cartões virtuais únicos e que serão criados com a tecnologia descentralizada blockchain, a mesma em que assentam as criptomoedas.

A operação foi liderada pela empresa do Dubai Riva Technology and Entertainment e também contou com a participação do piloto português António Félix da Costa, um dos sócios da plataforma de investimentos Apex Capital.

A solução desenvolvida em Portugal pretende aumentar a ligação entre os adeptos e os clubes. A equipa criou uma aplicação móvel que dá vida a estádios de futebol e outras áreas privadas.

"Os fãs querem sentir-se parte da família e que são importantes para seus ídolos. [...] Este investimento vai ajudar-nos a personalizar cada vez mais as experiências de realidade aumentada para os fãs, a criar memórias e itens colecionáveis únicos para aumentar o envolvimento entre os fãs e as suas equipas favoritas", nota Ivan Braz, presidente executivo da My Lads, citado no documento.

A My Lads nasceu a partir da BBox Sports, empresa que em 2019 cirou caixas surpresa para fãs de futebol. Cada caixa incluía produtos exclusivos, como cachecóis, minicaneleiras e bonecos colecionáveis.

A nível internacional está a desenvolver-se um novo mercado tecnológico em torno do desporto, para tentar atrair um novo tipo de adeptos.

Neste mês, por exemplo, a Federação Portuguesa de Futebol lançou o próprio fan token: este ativo digital colecionáveis dá acesso a votações e promoções exclusivas, prémios VIP e funcionalidades ativadas por realidade aumentada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de